Mulher é presa após tentar renovar CNH falsificada em unidade do Poupatempo em Birigui

Ela disse que comprou o documento por R$ 2 mil para levar o marido ao médico e o usou por cinco anos. Mulher foi levada à delegacia e permanece à disposição da Justiça.

Uma calçadista de 54 anos foi presa na tarde desta quarta-feira (5) depois de tentar renovar uma (Carteira Nacional de Habilitação Nacional) falsa em uma agência do Poupatempo, em Birigui/SP.

Segundo a Polícia Civil, funcionários desconfiaram do papel usado para confeccionar o documento e o fato de não ter nenhum dado da mulher disponível no sistema.

Ao ser questionada, a calçadista disse que já havia renovado a CNH duas vezes, mas depois confessou que pagou R$ 2 mil para uma pessoa que garantiu que documento seria aceito como verdadeiro.

Ela também alegou que usou a CNH falsa por cinco anos e a comprou porque, na época, o marido estava doente e precisava do carro para transportá-lo.

Ainda de acordo com a polícia, a calçadista foi levada à delegacia. Como se trata de crime inafiançável, ela permanece à disposição da Justiça e deve passar por audiência de custódia na quinta-feira (6).

FONTE: Informações | g1.globo.com

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password