Morre bebê de mulher que caiu ao se pendurar em ônibus em Rio Preto 

Bebê nasceu prematuro, de seis meses. Parto foi realizado com a mãe internada, sedada, na UTI do Hospital de Base, em São José Rio Preto/SP. Mãe acabou morrendo quatro dias depois do parto. 

Na última sexta-feira (15), morreu o filho da mulher que caiu ao se pendurar do lado de fora de um ônibus para pegar carona em São José do Rio Preto/SP. O bebê nasceu prematuro, de seis meses, com 780 gramas e 33 centímetros. O parto foi realizado com a mãe sedada e entubada na UTI do hospital. 

O pequeno Vitor Gabriel nasceu no dia 6 de março, no Hospital de Base de Rio Preto. Ele estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado grave por ser prematuro e por complicações durante à gestação da mãe que era usuária de drogas. Ele teve uma parada cardiorrespiratória devido às complicações e morreu. 

A mãe do bebê, Aracelli Amaral do Prado, morreu 4 dias após o nascimento do filho. De acordo com um boletim de ocorrência, feito pelo Hospital de Base para registrar a morte, a vítima teve politraumas e traumatismo craniano. 

Ela estava internada na UTI desde o acidente, no dia 27 de fevereiro, mesmo assim, os médicos conseguiram fazer o parto do bebê, de seis meses. 

O caso 

Aracelli ficou gravemente ferida depois de cair do transporte coletivo na Avenida Ernani Pires Domingues. O acidente envolveu um veículo da linha Dom Lafaiete, na região norte da cidade. Ela estava a pé e se pendurou no veículo. Uma câmera de segurança registrou o acidente. 

A empresa Santa Luzia, responsável pelo veículo, declarou que em casos como esse “o motorista é orientado a parar o ônibus, acionar a polícia e a viagem não prossegue enquanto não sanado o problema. Contudo, no caso em questão, o motorista ainda não havia identificado a rabeira até o momento do acidente”. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password