Médico rio-pretense é preso acusado de sonegação fiscal

Oscar Victor Rollemberg Hansen é suspeito de se envolver em esquema de sonegação de R$ 60 milhões no comércio da borracha. Advogado dele disse que está tentando a revogação da prisão.

Ontem (8), o médico rio-pretense Oscar Victor Rollemberg Hansen foi preso, em São Paulo, acusado de sonegação fiscal. Ele foi condenado a dez anos de prisão.

O médico é suspeito de se envolver em um esquema de sonegação de R$ 60 milhões no comércio da borracha. O advogado do médico disse que está tentando a revogação da prisão.

A Justiça já tinha determinado a prisão do médico em fevereiro do ano passado, mas ele aguardava o julgamento do recurso em liberdade, que foi julgado em dezembro de 2018. Desde então, passou a ser foragido.

Em 2009, ele foi alvo de investigação do GAECO (Grupo de Combate ao Crime Organizado) na Operação Ouro Branco. Além dele, outras dez pessoas são acusadas de sonegar recolhimento de ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nas vendas de borracha para indústrias de pneus.

0 Comentários

Deixe um Comentário

18 + vinte =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password