Justiça determina afastamento de conselheiro tutelar de General Salgado 

Além disso, o conselheiro é suspeito de ameaçar outros conselheiros tutelares que depuseram ou iriam depor contra ele no processo. 

A Justiça determinou o afastamento de um conselheiro tutelar de General Salgado/SP que está sendo investigado por improbidade administrativa. O pedido foi feito pelo Ministério Público e a decisão foi divulgada na quarta-feira (25). 

A defesa do conselheiro tutelar disse para a imprensa que “as alegações do Ministério Público serão todas derrubadas. Não houve, sob qualquer aspecto, a comprovação dos fatos narrados pelo Ministério Público, não passando de meras ilações que buscam denegrir a imagem do cliente”. 

Segundo a promotoria, o réu, ocupando o cargo de conselheiro tutelar, usou bens públicos e a sede do Conselho Tutelar da cidade de General Salgado para atividades privadas. 

O MP diz que o conselheiro organizou e divulgou eventos, vendeu ingressos para adolescentes que não poderiam entrar nas festas em razão da idade, não cumpriu de forma adequada as funções de conselheiro e intimidou os demais conselheiros tutelares por meio de ameaça. 

O afastamento foi pedido pelo Ministério Público para que o conselheiro não atrapalhe nas investigações. 

FONTE: Informações | G1 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password