Justiça condena prefeitura da região a pagar R$100 mil para mãe de menino que morreu ao bater peito em manivela dentro de escola 

Caso foi registrado no dia 31 de outubro de 2017, na escola Municipal Professora Regina Mallouk, em São José do Rio Preto/SP. 

A Justiça condenou a Prefeitura de São José do Rio Preto/SP a pagar R$ 100 mil de indenização para a dona de casa Uliani Fernandes dos Santos pela morte do filho dela Thauan Fernandes dos Santos, de 11 anos. O caso foi registrado no dia 31 de outubro de 2017.  

A vítima brincava com outros alunos na quadra de esportes da escola Municipal Professora Regina Mallouk, no bairro Santa Clara, quando bateu o peito em uma manivela que move a cesta de basquete. 

Thauan Fernandes dos Santos foi socorrido, mas morreu após sofrer uma hemorragia interna traumática, rotura cardíaca e traumatismo de tórax. A família alega falta de socorro imediato e adequado, assim como despreparo, desinteresse, imprudência e negligência profissional. 

Segundo a sentença, a juíza Tatiana Pereira Viana Santos, da 2ª Vara da Fazenda Pública, afirma que a manivela foi instalada de forma errada e que deveria haver uma proteção no local. 

A juíza também diz que mesmo que o trauma não tenha sido causado pela manivela, o mesmo foi grave e ocorreu dentro das dependências da escola, durante o período das aulas, com responsabilidade da Prefeitura. 

Ainda de acordo com a sentença, o município foi condenado a pagar à autora indenização por dano moral no valor de R$ 100 mil mais a quantia de R$ 810, referentes às despesas com funeral. 

Em nota, a Prefeitura de Rio Preto informou que a procuradoria geral do município ainda não foi notificada da decisão. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

dezenove + 4 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password