Junho Vermelho: Santa Casa faz parte da campanha 

Sua doação de sangue contribui diretamente com a Agência Transfusional.

Que tal um desafio? Doar sangue! Neste mês, é realizada a campanha Junho Vermelho, com objetivo de chamar a atenção para a importância da doação de sangue regular e voluntária no país, como forma de salvar e garantir a vida de pessoas que necessitam de transfusões contínuas. 

Sua atitude contribui diretamente com a Agência Transfusional da Santa Casa de Votuporanga. Vinculada ao Hemocentro de Ribeirão Preto, realiza, em média, 400 transfusões de sangue por mês, assistindo a demanda do Hospital, da Casa de Saúde de Votuporanga, de Cardoso e de Riolândia. 

Para que toda esta assistência seja efetiva, são fundamentais doadores de sangue. Em Votuporanga, há Unidade de Coleta de Sangue da Prefeitura em parceria com Santa Casa e Hemonúcleo de Ribeirão Preto. 

As coletas ocorrem às terças-feiras, das 15h às 18h, e às quintas-feiras, das 8h às 11h. Todo primeiro sábado do mês são realizadas doações com agendamento prévio, das 8h às 11h. O espaço fica anexo ao Mini-Hospital “Fortunata Germano Pozzobon”, na rua Antônio Galera Lopes, 2652, esquina com a Antônio Serafim de Queiroz, na Zona Norte. O funcionamento da Unidade é de segunda a sexta, das 7h às 16h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3426-7530, ramal 210. 

A hematologista e hemoterapeuta, Dra. Ilmeida Helena Tonini de Oliveira,ressaltou a importância da campanha Junho Vermelho. “Como forma de conscientizar a população, foi criado o Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado no dia 14 de Junho. Neste mês, as temperaturas começam cair, inicio de férias, contribuindo para a queda de doações. E, neste ano, ainda tivemos um agravante que foi a quantidade de incidência de dengue, diminuindo ainda mais os procedimentos. Na contrapartida, a rotina dos hospitais continuam com os atendimentos que muitas vezes requerem transfusões”, explicou. 

Ela enfatizou que ainda não existe nenhum outro produto, que se equipare ao sangue para tratamentos que necessitam de transfusões. “O sangue é o principal transportador de substâncias para os órgãos e tecidos do corpo, podendo dessa forma fornecer um tratamento adequado e melhora ao paciente”, complementou. 

A médica contou como é o trajeto da Unidade de Coleta até a Santa Casa. “Nossa parceria é com o Hemocentro de Ribeirão Preto, quando retiramos semanalmente malotes de hemocomponentes no Hemonúcleo de Fernandópolis (onde é feito o fracionamento da bolsa, separando em hemocomponentes como concentrado de hemácias, plasma fresco congelado, crioprecipitado e concentrado de plaquetas). São realizados testes sorológicos da amostra do doador (serão feitos exames para Hepatite B e C, Sífilis, Doença de Chagas, AIDS e para detecção dos vírus HTLV I e II). Após liberação dos hemocomponentes, solicitamos este material”, disse Dra. Ilmeida. 

A Agência Transfusional é um serviço de grande importância. “A Instituição precisa de um serviço hemoterápico, garantindo a agilidade nos momentos de extrema urgência, monitoramento adequado do paciente durante e após o ato transfusional, controle de qualidade rigoroso de exames imunohematologicos, além de gerar maior credibilidade para o Hospital”, complementou. 

A equipe é composta por uma médica, uma biomédica, uma auxiliar administrativa, uma auxiliar técnica e seis técnicos de enfermagem. “Trabalhamos 24 horas por dia, em revezamento nos períodos de manhã, tarde e noite”, explicou a biomédica Chayene Roberta Barbin. 

Quem pode ser doador? 

Pessoas entre 18 e 69 anos podem doar sangue. Além disso, é necessário pesar acima de 50 quilos e estar bem de saúde. Mulheres podem fazer até três doações ao ano e os homens quatro. Caso esteja tomando algum tipo de medicação, levar o nome do medicamento e apresentá-lo na unidade. 

Não pode doar 

Não é recomendada a doação para o candidato que teve diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade, portadores de hanseníase, malária, doença de chagas, HIV, diabetes ou câncer. Quem fez ou faz uso de drogas ilícitas ou mantém relações sexuais de risco não deve doar. 

Recomendações 

  • Antes de doar é importante: 
  • Dormir bem, pelo menos 6 horas; 
  • Evitar jejum e fazer refeições leves e não gordurosas; 
  • Evitar uso de bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores; 
  • Não fumar duas horas antes. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

catorze + dois =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password