Jovem assassinada com tiro na cabeça será enterrada em Palestina

O corpo da jovem Daira Nogueira dos Santos, de 22 anos, encontrado abandonado na noite desta quarta-feira (11), em um matagal perto de Ibirá, a 20 quilômetros de Rio Preto (SP), será enterrado às 13h desta quinta-feira (12), no cemitério de Palestina.

A vítima foi morta com um tiro na cabeça, na noite da última segunda-feira (9).

O principal suspeito do desaparecimento de Daira, André Luís de Oliveira, 38, foi preso ontem à tarde, no quilômetro 290 da rodovia Assis Chateaubriand, em Penápolis (SP). Ele foi abordado pela Polícia Rodoviária enquanto tentava fugir para o Paraguai com uma motocicleta.

Segundo a delegada da mulher Cristina Sant´Ana, o motoboy confessou a autoria do crime e não demonstrou arrependimento.

“Ele disse que os dois tinham um relacionamento amoroso e que ficou bravo com ela porque, dias antes do crime, ela o acertou com um tapa no rosto. Tudo indica que o crime foi premeditado porque, ao sair com ela para Catanduva, ele já estava armado”, disse.

O flagrante foi feito em conjunto com policiais do Grupo de Ações Especiais (GOE), investigadoras da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e policiais rodoviários.

Ainda de acordo com a delegada, André saiu recentemente da cadeia.

DESAPARECIMENTO

O suspeito, conhecido como “Índio”, confessou que matou a jovem. Porém, o corpo da vítima foi encontrado no fim da tarde, em uma área rural de Ibirá (SP).

Segundo o boletim de ocorrência registrado no dia desaparecimento, a jovem saiu de casa, no Jardim Maracanã, em Rio Preto, por volta das 18h30 de segunda-feira (9).

Ela disse para a mãe que iria ao shopping com uma amiga e, depois disso, não deu mais notícias. No final da tarde de terça-feira (10), a mãe procurou a polícia dizendo que não conseguia falar com Daira.

 

SBT Interior

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password