Irmãos são presos com 49 tijolos de maconha em Rio Preto

Tabletes da planta estavam escondidos em saco preto na laje da residência dos suspeitos:

Dois irmãos foram presos por tráfico de drogas durante a noite de segunda-feira, 26. Um dos suspeitos estava em uma praça do bairro Dom Lafaiete, região Norte de Rio Preto.

Segundo informações do boletim de ocorrência, uma viatura do 9º Batalhão de Ações Especiais (Baep), estava fazendo ronda nas imediações de um ponto de venda de drogas conhecido da polícia, quando ao passar pela praça do bairro na rua Antônio Francisco Coutinho, ao lado de uma escola estadual. o gesseiro de 18 anos levantou assustado do banco da praça com a presença da viatura.

Quando foi abordado pelo policial do Baep, acharam uma porção de maconha no bolso da bermuda. O jovem alegou que seria usuário, mas em dado momento da abordagem ele teria dito que teria visto o irmão dele guardar outros pedaços da droga no quarto dentro de casa.

Os policiais foram até a casa do jovem e, quando chegaram, a polícia teria visto saindo da residência o irmão, de 20 anos. A entrada dos policiais teria sido autorizada e durante uma revista no quarto dos suspeitos, dentro da cômoda, havia meio tijolo de maconha e outros sete pedaços fracionados, entre os quais cocaína. Também foi apreendida uma balança digital, um celular, a faca usada para cortar a droga e R$ 228.

Na laje do telhado da residência, perto da caixa d’água, tinha um saco preto com outros 24 tabletes inteiros e 25 cortados pela metade. Um dos suspeitos disse aos policiais que havia guardado os pedaços da planta fracionada para uma outra pessoa, mas não disse quem seria o verdadeiro dono porque tinha medo de represália por traficantes.

O gesseiro contou que a função dele seria distribuir os pedaços para “outras pessoas”. Os dois rapazes foram presos e levados ao Plantão Policial, eles não possuem antecedentes criminais.

Após ouvir a versão dos policiais militares, o delegado Malcom Montanare Mano, confirmou a prisão e os irmãos permaneceram à disposição da Justiça na carceragem da Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic) de Rio Preto.

(Colaborou Guilherme Ramos – diarioweb.com.br)

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password