Homem é acusado de maus-tratos contra os pais e irmão doente

Um autônomo de 40 anos está sendo investigado pela polícia após constatação de maus-tratos contra os pais e o irmão com esquizofrenia nesta segunda-feira (7), na Vila Elvira, em Rio Preto. Eles foram acionados para o local para fazer o atendimento de desentendimento familiar.

Quando chegaram, foram recebidos pela idosa, de 70 anos. Ela está debilitada e não chegou perto do portão dizendo ter problemas visuais. Explicou que o desentendimento era com o filho dela, de 40 anos, portador de esquizofrenia.

Ela contou à polícia que na casa mora ela, o marido e o filho, sendo que no imóvel do lado mora o outro filho do casal. Explicou também que o filho desenvolveu esquizofrenia durante os trâmites de partilha de fazendas que receberam de herança.

Os policiais estranharam os portões e passagens entre os imóveis trancados e pediram para falar com o autor. Ele disse que é curador do irmão e é quem administra a fazenda da família.

A idosa convidou os policiais a entrarem na casa e neste momento foi constatado um ambiente muito sujo, com condições higiênicas precárias, lixo no imóvel e sem comida na geladeira, sem condições para alguém viver no local. Em seguida entraram também no imóvel do investigado. As condições era outras, segundo o boletim de ocorrência. Um ambiente limpo, organizado e com alimentos na geladeira.

Ele disse que não podia limpar a casa dos pai e do irmão porque eles não o deixavam entrar no imóvel. Mas, de acordo com a polícia, o tempo todo a idosa informava que era impedida pela nora de entrar na casa do filho. Além disso, foi observado pelos policiais que a porta interna que liga os dois imóveis estava lacrada com pregos, não sendo possível o acesso de um lado para o outro.

A assistência social esteve no local e o caso foi registrado na delegacia para investigação.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password