Fernandopolense morre afogado no rio Grande 

Vítima, de 47 anos, decidiu fazer um último arremesso com a vara de pesca antes de ir embora e, só entrou na água para desenroscar uma isca artificial.

No final da tarde desta quinta-feira (28), será sepultado no Cemitério da Consolação, em Fernandópolis/SP, o corpo do pedreiro Pedro Henrique Borges, de 47 anos, vítima de um possível afogamento ocorrido no início da tarde de ontem, no rio Grande, em Mira Estrela/SP.  

De acordo com informações, à vítima e a esposa participavam de uma pescaria quando Pedro teria pedido para esposa arrumar todo o material de pescar para retornar à Fernandópolis e resolveu fazer um último arremesso com o molinete (vara de pesca). 

No entanto, a isca artificial teria enroscado e Pedro foi tentar retirar o equipamento, quando acabou afundado. Ele ainda teria voltado algumas vezes a superfície da água rapidamente, pedindo socorro e, acabou desaparecendo.

O Corpo de Bombeiros de Fernandópolis foi acionado para retirar o corpo que estava a uma profundidade de aproximadamente dois metros. Acredita-se que ele tenha sofrido um possível mal súbito antes do afogamento, uma vez que Pedro sabia nadar. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página