Família do interior de SP busca por idosos que sumiram após temporal no litoral paulista: ‘Perdendo a esperança’

Moradora de Guaraci/SP, Lúcia Fátima dos Santos Bornin, diz que acredita que entre os desaparecidos estão o irmão dela, Jaime dos Santos, e a mulher dele, Anna Margarita.

Uma família da região noroeste paulista está buscando por dois idosos, de 74 e 60 anos, que desapareceram após um temporal atingir a Baixada Santista e causar deslizamentos de terra na madrugada desta terça-feira (3).

Até a publicação desta reportagem, 19 mortes tinham sido confirmadas e mais de 30 pessoas estavam desaparecidas.

Em entrevista ao G1, a moradora de Guaraci/SP, Lúcia Fátima dos Santos Bornin, explica que acredita que entre os desaparecidos estão o irmão dela, Jaime dos Santos, e a mulher dele, Anna Margarita.

Jaime é natural de Guaraci, mas, segundo a irmã, mora há 20 anos em São Vicente. Contudo, o casal também possui uma casa no município do interior de São Paulo e costuma viajar de uma cidade para outra.

“A última notícia que tive foi passada por outro irmão meu que mora em São José dos Campos/SP. Ele foi para São Vicente, mas disseram para ir embora, pois não tinha muito o que fazer”, afirma Lúcia.

A família viu imagens divulgadas pela imprensa e também recebeu informações sobre os deslizamentos de terra. Desde então, não conseguiu mais entrar em contato com o casal.

Segundo os parentes, o imóvel onde o casal estava não ficou destruído. No entanto, eles acreditam que os dois estavam descendo uma escadaria, que existe ao lado da casa localizada nas proximidades do Parque da Prainha, quando foram atingidos pelo deslizamento.

“Eu estou arrasada. Antes eu estava na ansiedade, achando que podia encontrar com vida, mas estou perdendo as esperanças”, afirma a irmã de Jaime.

Deslizamentos

São Vicente registrou deslizamentos nos morros do Itararé, Barbosas, Ilha Porchat e Parque Prainha. O desabamento ocorreu por volta da meia-noite. As equipes do Corpo de Bombeiros, Guarda Civil e Defesa Civil trabalharam no local em busca de desaparecidos.

De acordo com o capitão e porta-voz do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, Marcos Palumbo, também houveram deslizamentos em Santos e em Guarujá.

Inicialmente os bombeiros falavam em até 45 desaparecidos. Às 17h desta terça-feira, a corporação atualizou os dados e informou que 32 pessoas permanecem desaparecidas.

O temporal começou na noite desta segunda-feira (2) e se estendeu durante toda a madrugada e manhã desta terça-feira (3). Moradores registraram alagamentos e ruas ficaram intransitáveis em toda a Baixada Santista.

A tempestade causou alagamentos em vias públicas, afetou serviços (transporte, educação, fornecimento de água, energia elétrica e telefonia) e fez rodovias serem bloqueadas.

A chuva – que continuou ao longo de todo o dia, com alguns períodos de interrupção – prejudicou a operação de buscas, encerrada por volta das 19h30, segundo os bombeiros. Os trabalhos devem ser retomados na manhã desta quarta-feira (4).

FONTE: Informações | g1.globo.com

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password