Falso médico preso após denúncia fez quatro plantões na Santa Casa, diz polícia 

Homem estava na unidade de Fernandópolis/SP desde setembro; ele já tinha sido preso por cometer o mesmo crime em 2010, em Santa Fé do Sul/SP, e em outro estado. 

O homem preso na sexta-feira (27) em Fernandópolis/SP por se passar por médico na Santa Casa da cidade estava atendendo no hospital havia um mês e realizado quatro plantões na unidade de saúde, segundo a polícia. 

Ainda de acordo com a polícia, os funcionários estranharam a maneira de atendimento do médico e resolveram checar o número de registro do CRM (Conselho Regional de Medicina). Com isso, verificaram que o número dele no site tinha uma foto diferente. 

Os funcionários foram até a delegacia e registraram a ocorrência. O delegado foi até o hospital e prendeu o falso médico em flagrante. Segundo a polícia, ele confessou que os documentos dele no CRM eram de outra pessoa. 

Além disso, o homem preso alegou que tinha comprado os documentos que estava usando para exercer ilegalmente a profissão. 

A polícia afirma que esta não é a primeira vez que o homem comete este crime. “Ele estava sendo procurado pela Justiça no Mato Grosso do Sul por crime semelhante e foi preso em 2010 em Santa Fé do Sul pela mesma conduta criminosa”, afirma o delegado Rafael Buosi. 

A polícia apreendeu as fichas dos pacientes que estavam sendo atendidos com ele na noite em que foi preso, além de outros documentos que ele usava para se passar por médico. 

O Conselho Regional de Medicina no Estado de São Paulo (Cremesp) disse que não entra nesse caso por se tratar de um crime. Como o homem não tem registro profissional de médico, não há como fazer fiscalização e o caso é direto com a polícia. 

O que diz a Santa Casa 

A administração da Santa Casa de Fernandópolis informou que denunciou à autoridade policial a ocorrência de exercício ilegal da medicina, falsidade documental e ideológica de falso médico, que atuou em suas instalações. 

O hospital disse que também se sente lesado pelos crimes praticados contra a instituição e avaliará as medidas judiciais cabíveis, além de estar colaborando com as autoridades responsáveis para os devidos esclarecimentos. 

A Santa Casa disse também que vai levantar quem são os pacientes que foram atendidos pelo falso médico para que eles passem por nova consulta. 

FONTE: Informações | G1 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password