Ex-prefeito de Urupês condenado por estupro é preso no Paraguai

O ex-prefeito de Urupês, Antônio da Silva Oliveira, conhecido por Toni Bomba, foi preso nesta terça-feira (24) no Paraguai. Ele era procurado pela polícia após ser condenado a 10 anos e seis meses de prisão por estuprar as ex-enteadas quando eram menores de idade.

A operação foi coordenada pela Polícia Civil de São Paulo e também de Ponta Porã (MS). De acordo com o delegado Elder Galavoti, havia mandado de prisão em aberto desde outubro. “Levantamos que ele certamente sabendo do mandado de prisão fugiu para o Paraguai”, disse o delegado.

O filho de Toni Bomba mora em Ponta Porã e estuda no Paraguai, o que levantou suspeita sobre o local em que Bomba estava.

O Ministério Público do Paraguai pediu a expulsão de Toni Bomba do país, o que foi aceito pela Justiça. “Então o juiz determinou a entrega dele as autoridades”, afirmou Galavoti.

Há pelo menos três meses, Toni Bomba estava trabalhando em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia na divisa com o Brasil. De acordo com o portal paraguaio “Ultima Hora”, Bomba foi encontrado próximo a uma loja no cruzamento das ruas Carlos Antônio Lopez e Alejo Garcia, no centro de Pedro Juan.

Em 2013, Toni Bomba foi acionado na Justiça acusado de abusar sexualmente de duas ex-enteadas, à época menores de idade. Ele foi condenado em primeira instância e perdeu recursos junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

DL News

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password