Ex-aluna do Guri participa de programa de talentos

Cybeli Cardoso, de 13 anos, ingressou no Polo Paulo de Faria/SP, aos 7 anos, e está entre as selecionadas do The VoiceKids.

Mais uma ex-aluna do Projeto Guri ganha visibilidade no The VoiceKids, reality show da TV Globo que revela jovens talentos da música brasileira. Cybeli Cardoso, de 13 anos, passou pela etapa das audições às cegas e está entre as selecionadas.

Em 2018, foi a vez de Fernanda Ouro, também ex-aluna Guri e Escola de Música do Estado de São Paulo (Emesp) Tom Jobim, participar do programa. Cybeli ingressou no Polo Paulo de Faria, aos 7 anos, nos cursos de canto coral e violão, motivada pela paixão que a família nutre pela música.

Desde pequena, ela ouvia seu avô solando notas no violão durante os encontros com os parentes. “Comecei a cantar aos 3 anos de idade nos eventos da família e depois na igreja. Além do meu avô, minha mãe e minhas três irmãs cantam e tocam violão. Foi o que me incentivou a procurar um aprimoramento na música”, descreve.

O Projeto Guri é o maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. A jovem conheceu a iniciativa por meio de sua irmã Adrielly, de 16 anos, que já havia estudado no Polo Paulo de Faria.

“Na época, não tínhamos condições financeiras para pagar um curso de música. Quando soube das vagas, fiquei interessada e conversei com a minha mãe. Fomos ao Polo Paulo de Faria e conseguimos matrículas para os dois cursos”, recorda. “Essa oportunidade que o programa oferece de estudar música de forma gratuita é ótima e ajuda muito no desenvolvimento das crianças”, conta.

A jovem participou de uma pré-seleção para o The Voice Kids, realizada na capital paulista, e foi aprovada. Nas audições às cegas, Cybeli impressionou os jurados, que viraram a cadeira ao mesmo tempo. A participante escolheu integrar o time da dupla Simone e Simaria.

Projeto Guri oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos (até 21 anos nos Grupos de Referência e na Fundação CASA). Cerca de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o Estado de São Paulo.

FONTE: Informações | Portal do Governo de SP

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password