Eventos-teste do Governo de SP terão 10 festas em ambiente controlado

O governo paulista fará o que chamou de eventos-teste, de 15 de junho a 30 de julho, para medir e avaliar a transmissão e o combate ao coronavírus. Serão 10 eventos-teste para testagem e acompanhamento das pessoas por duas semanas. O objetivo é criar um planejamento de retomada das atividades do setor no segundo semestre.

A iniciativa será feita em duas feiras de economia criativa – incluindo uma que reunirá artesãos de diversas feiras da capital paulistana –, uma feira corporativa – seguindo o modelo da Expo-retomada –, quatro festas sociais, sendo pelo menos um casamento e um jantar corporativo, e três eventos noturnos.

“Os eventos serão realizados com limitação de público, ambiente de público e testagem rápida dos participantes. Isso já foi realizado em outros países, em iniciativa semelhante, e aqui vamos fazer de forma segura, controlada e com testagem rápida”, disse o governador João Doria.

Os eventos previamente definidos ocorrerão em ambiente controlado, com testagem de participantes e equipe, assim como acompanhamento pós-evento do Governo do Estado. O objetivo deste estudo é ajustar, a partir de situações reais, as regras que possibilitarão a retomada de um dos setores mais afetados na pandemia do coronavírus e que emprega milhões de brasileiros.

Os testes utilizados serão de antígeno, com resultado imediato, aprovados pela Anvisa e com sensibilidade parecida com o teste RT-PCR, diagnosticando pessoas que estão contaminadas e transmitindo a COVID-19. Haverá limitação de público e serão progressivamente testados eventos mais complexos, de acordo com avaliações e acompanhamentos dos participantes pós-evento.

Testagem SP

O Governo de São Paulo também anunciou nesta quarta-feira o Testagem SP, plataforma online que tem por objetivo estimular empresas e organizações a contribuir com triagem, testagem e informações da COVID-19 em seus ambientes de trabalho.

O modelo baseado em confiança e colaboração é iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o Instituto Coalizão Saúde. O projeto é válido para empresas, organizações sem fins lucrativos e demais organizações privadas no Estado de São Paulo.

A instituição deve se cadastrar na plataforma www.testagemsaopaulo.sp.gov.br e responder ao questionário, em caráter autodeclaratório, de 20 perguntas sobre triagem, testagem e comunicação. Cada item tem uma pontuação e, caso atinja 70%, a instituição é considerada “empresa que segue os protocolos de combate à COVID-19”.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password