Empresários e membros da sociedade são presos em Fernandópolis

Os empresários e outros membros da sociedade civil organizada foram indiciados pela Polícia Civil e irão responder na Justiça pelos crimes de improbidade administrativa e fraudes na Irmandade da Santa Casa de Fernandópolis.

Até o momento foram detidos os membros do conselho da Santa Casa, Luis Aiélo, João Tarlau, Edilberto Sartin, o ex deputado Gilmar Gimenes.

Ligadas a Os de Andradina, foram detidos Gláucia Basaglia, gerente do AME de Fernandópolis e esposa do ex provedor Fernando Zanque , que segue foragido até o momento.Fábio Antonio Obici, diretor-presidente da OSS e seu motorista também foram detidos pela policia de Andradina

Essa é uma das maiores operações de fraudes em uma instituição de Saúde que deveria ser usada para salvar vidas e acabou sendo usada para benefício próprios de algumas pessoas, usando o hospital para desvio de recursos e vantagens pessoais.

Alguns dos indiciados também responderão pelo crime de prevaricação, quando tinham conhecimento das fraudes e não optou em denunciar o que estava ocorrendo as autoridades.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password