Em GO: Pai de professora morta em armadilha de arame desabafa: ‘Ela morrendo, e eles enfiando a mão no bolso para roubar R$ 30’

Rosimeire do Nascimento, de 36 anos, teve o pescoço cortado e bolsa levada, em Formosa/GO. Polícia acredita que fio foi colocado de propósito para derrubar motociclistas e roubá-los.

O pai da professora Rosimeire Brito do Nascimento, de 36 anos, morta após ter o pescoço cortado em uma armadilha de arame, disse que a filha foi roubada mesmo estando ferida. Segundo João Bispo Nascimento, a filha teve os bolsos revirados mesmo quando estava agonizando. Ela voltava para casa de moto quando se machucou em uma rua de Formosa/GO.

“A menina morrendo, e eles enfiando a mão no bolso para roubar R$ 30, o máximo que ela tinha”, desabafou João, durante o enterro da filha.

Rosimeire morreu na madrugada de sábado (16), ao passar pela Avenida Senador Coimbra. Segundo a polícia, o arame foi colocado por criminosos entre um poste e uma árvore, com o intuito de derrubar os motociclistas para roubá-los.

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password