Coronavírus: Prefeitura de Votuporanga recomenda que igrejas não realizem atividades 

Lideranças evangélicas já haviam decidido suspender cultos e reuniões. O Decreto no 12.158 também recomenda às Indústrias, que garantam distância mínima de um metro entre trabalhadores em seus postos de trabalho.

O prefeito de Votuporanga/SP, João Dado, assinou novo Decreto, publicado no Diário Oficial Eletrônico desta quinta-feira (19), com medidas que visam evitar aglomerações em repartições públicas municipais.

Desta forma, o atendimento ao público nas repartições, exceto nas Unidades de Saúde, durante o período de Emergência em Saúde Pública, ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 10h às 13h. A medida visa direcionar as pessoas para atendimentos digitais e telefônicos. 

Indústrias, Comércio e Serviços 

O Decreto n° 12.158 também recomenda às Indústrias, que garantam distância mínima de um metro entre trabalhadores em seus postos de trabalho, inclusive durante as refeições. No Artigo 7° consta recomendações ao Comércio em geral, que deverá garantir a área mínima livre de dois metros quadrados por cliente dentro do estabelecimento, mediante a distribuição e controle de senhas.  

Para atividades do setor de prestação de Serviços, em seu Artigo 8, o Decreto recomenda que seja garantida a área mínima livre de dois metros quadrados por cliente e entre funcionário. 

O Decreto também prevê que nas salas de velório, deverá ser garantido o máximo de dez pessoas, sob a administração da Secretaria da Cidade. 

Para os Templos de qualquer Culto ou Doutrina, o Decreto recomenda, que não sejam realizadas atividades, afim de evitar a aglomeração de pessoas e a propagação do coronavírus; contudo, em recente encontro que reuniu autoridades públicas e lideranças evangélicas ficou decidido que cultos e reuniões seriam suspensos neste período. 

FONTE: Informações | acidadevotuporanga.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password