Congregação Cristã leva música erudita sacra para Santa Casa 

No segundo domingo do mês, os pacientes, colaboradores e acompanhantes são agraciados com repertório especial. 

Arte de encantar e de cuidar. Uma sintonia de tons, de dons, de amor. A cada nota, uma sensação, uma emoção. A cada atendimento, um vínculo. Assim, músicas e Medicina se unem em prol dos pacientes. 

A Igreja Congregação Cristã no Brasil trouxe o projeto “Saúde no Tom” para a Santa Casa de Votuporanga. No segundo domingo de cada mês, sete músicos voluntários se apresentam com música erudita sacra na Instituição, de forma totalmente gratuita. Alegria, bem-estar tomam conta de colaboradores, médicos, acompanhantes e pacientes. 

O encarregado regional de Música, Cláudio Márcio Gonçalves, deu detalhes do repertório. “Escolhemos canções mais calmas, que emocionam e que são agradáveis aos ouvidos. O nosso objetivo, através da musicoterapia, é realizar intervenção social para a área da saúde, proporcionando alegria e força”, destacou. 

Cláudio contou que estudos afirmam que a música causa, dependendo do seu ritmo, aumento ou diminuição de batimentos cardíacos.  “Libera dopamina e traz bem-estar. Este projeto é desenvolvido em algumas cidades do Brasil e optamos por iniciar em Votuporanga com Hospital, por entender que é o melhor local a ser explorado. Na região, é precursor”, disse. 

Ele explicou que a Igreja procurou o Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) da Instituição. “Apresentamos um projeto e alinhamos a proposta. Fomos no domingo (10/3) e ficamos ainda mais motivados com a iniciativa”, complementou. 

O presidente do GTH, Adriano Marques, ressaltou a ação. “A música se insere como melhoria de qualidade de vida para o paciente internado, estendendo a todos que rodeiam. O assistido se torna protagonista, potenciando seu tratamento. Incentivamos estas ferramentas terapêuticas, possibilitando a integração de pensamentos, emoções e sentidos em relação aos processos de adoecimento, internação e até nos momentos finais da vida”, enfatizou. 

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, enalteceu o projeto da Congregação Cristã no Brasil. “A música, no ambiente hospitalar, ameniza a rotina, torna o local mais acolhedor e, ao mesmo tempo, proporciona contato com a cultura, por meio da realização de concertos de música erudita sacra. Nós, que prezamos tanto pela humanização, agradecemos a dedicação e amor por nossos pacientes, com a certeza de que “Saúde no Tom” irá trazer inúmeros benefícios”, finalizou. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

15 + 18 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password