Com apoio da Agricultura de SP, Valinhos mantém produção de figo e goiaba em alta

Município produziu 17,6 mil toneladas dos frutos na safra 2018/2019.

Campinas foi a maior região produtora de figo e goiaba no Estado de São Paulo na 2018/19, com 9,5 mil toneladas do produto, representando 98% da colheita de figo (para mesa e indústria), e 21,8 mil toneladas de goiaba para mesa, o equivalente a 41% da produção estadual. Os dados são do Instituto de Economia Agrícola (IEA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento paulista.

Na mesma safra, o município de Valinhos, que faz parte da Regional de Campinas, registrou a produção de 3,6 mil toneladas de figo e 14 mil toneladas de goiaba para mesa. A Secretaria de Agricultura auxilia os produtores valinhenses, por meio da Casa da Agricultura, fazendo a extensão rural; aplicando novas tecnologias no campo; registrando-os no Cadastro Ambiental Rural (CAR); ajudando na criação da Associação Agrícola de Valinhos e Região, que conta com mais de 200 associados; bem como organizando feiras do produtor aos sábados e quartas.

Em âmbito nacional, o Estado de São Paulo é o segundo maior produtor de figo e de goiaba do País, com, respectivamente, 38% e 34% da produção nacional das frutas de acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2018.

“[As ações realizadas no município visam] melhorar a renda do produtor tornando sua produção autossustentável. Por exemplo, a Casa da Agricultura ajudou na organização da associação de produtores que, através de um mecanismo de compra em conjunto, conseguiram adquirir insumos mais baratos e também melhorou o escoamento da produção agrícola”, afirma o engenheiro agrônomo responsável pela Casa da Agricultura de Valinhos, José Henrique Conti.

Atualmente, existem 310 mil pés de figo plantados em Valinhos e foram colhidos 2,2 milhões de engradados de 1,6 quilo, na safra agrícola 2018/19, de acordo com o IEA.

“A Casa de Agricultura nos ajuda a fazer toda parte burocrática, ela é nossa porta de entrada para exportar o figo. Por meio dela, conseguimos documentos básicos que provam que somos agricultores e assim ficamos em dia com a Receita Federal”, diz o fruticultor Daniel Juliato.

Goiaba

Segundo o agrônomo José Henrique, os japoneses “desenvolveram uma tecnologia na produção da goiaba, por meio de poda, irrigação e adubação. Foram criadas novas variedades de goiabas em Valinhos, como a sassaoka, kumagai e pedro-sato. Atualmente, quase todas goiabas do País são produzidas com as técnicas dos japoneses”. Na ocasião, pesquisadores do IAC auxiliaram os produtores na elaboração das técnicas.

Com o tempo a produção foi aperfeiçoada e isso gerou um aumento na cultura da goiaba que garantiu à Valinhos o título de maior produtora de goiaba de mesa do Brasil.

O município conta atualmente com 110 mil goiabeiras plantadas, com produção de 4 milhões de caixas de 3,5 quilos, na safra agrícola em 2018/19, segundo IEA.

FONTE: Informações | Portal do Governo de SP

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password