Cia. Cênica apresenta espetáculo: “Terra abaixo, Rio acima” em Rubineia, Santa Fé do Sul e Jales 

Peça inspirada em histórias que cercam a construção de usina de Ilha Solteira vai circular por 12 cidades com apoio do ProAC a partir desta sexta-feira (17/5). 

Depois de percorrer nove cidades paulistas pelo Circuito Sesc de Artes 2019, o espetáculo de teatro de rua “Terra abaixo, Rio acima”, da Cia Cênica, volta a cair na estrada. A companhia sediada São José do Rio Preto/SP começa a circular com a peça por outras 12 cidades do Estado de São Paulo. As primeiras apresentações, todas gratuitas, serão em Rubineia (sexta, dia 17), Santa Fé do Sul (sábado, 18) e Jales (domingo, 19). 

O projeto de circulação foi contemplado pelo edital de Circulação de Artes Cênicas para Rua do ProAC – Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Governo do Estado de São Paulo.  

A apresentação em Rubineia será na Praça Osmar Novaes, às 17h, em parceria com a Prefeitura e o Departamento de Educação, Cultura, Esporte e Lazer. Em Santa Fé do Sul, será na Praça Salles Filho, às 20h, em parceria com a Prefeitura, Secretaria Municipal da Cultura e Colégio Cecafe-COC. Já em Jales, a Cia. Cênica encena às 16h, na Praça João Mariano de Freitas, numa parceria com a Prefeitura e o Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro. 

Utilizando a linguagem do realismo mágico, “Terra abaixo, Rio acima” baseia-se em histórias que envolvem a construção da usina hidrelétrica de Ilha Solteira, no Rio Paraná, Noroeste Paulista, concluída em 1978, e moradores daquela região, como a lenda da Velha Barrageira e a Revolta do Arranca-Capim. A personagem principal é inspirada em Aparecido Galdino Jacintho, o Aparecidão, líder religioso na antiga Rubinéia, cidade inundada pelas águas do lago artificial da usina. Ele era conhecido na época por benzer e curar pessoas e animais. 

A partir de seus estudos para criar o espetáculo, a Cia. Cênica misturou e reinventou eventos e personagens, de tal modo que a realidade mais crua tirou seus pés do chão e o imaginário criou profundas raízes no cotidiano. 

“Terra abaixo, Rio acima” é uma peça itinerante, livre para todos os públicos, em que plateia e elenco caminham juntos por cerca de 150 metros. Depois de cada apresentação, haverá um bate-papo com o público. Todas as atividades são gratuitas. 

Segundo Fagner Rodrigues, diretor da Cia. Cênica, a proposta nesta circulação é levar o espetáculo a cidades que dialogam com o universo temático abordado, como o direito a terra, o desenvolvimentismo versus os modos de ser, viver e fazer tradicionais, além da memória e preservação ambiental. Ele explica que o conceito do espetáculo repousa na ideia de que ainda há outros mundos possíveis. 

A circulação seguirá até agosto e vai passar ainda por Piracicaba, Itapira, Atibaia, Euclides da Cunha Paulista, Marabá Paulista, Promissão, Peruíbe, Eldorado e Cananéia. Durante o projeto, a companhia produzirá um vídeo documental a ser distribuído para grupos e comunidades parceiras. Também será exibida em São José do Rio Preto, sua cidade-sede, e depois disponibilizada no site da companhia. 

Histórico 

“Terra abaixo, Rio acima” foi concebido em 2016 a convite do Festival Literário Paulista, realizado em Iguape/SP, que naquele ano homenageou o escritor de literatura fantástica Murilo Rubião. Desde então, tem circulado por unidades do Sesc São Paulo, além de marcar presença em festivais, com críticas positivas, como o FIT – Festival Internacional de Teatro de Rio Preto (SP), Festara – Festival de Teatro de Araçatuba (SP), Fenata – Festival Nacional de Teatro – Ponta Grossa (PR) e Litoral Encena – Mostra Nacional de Teatro de Bonecos, Circo e Dança de Caraguatatuba (SP). 

Sobre a Cia. Cênica 

A Cia. Cênica é um grupo de repertório criado em 2007 em São José do Rio Preto, que realiza pesquisas e ações culturais a partir dos eixos: o popular não apenas como linguagem e temática, mas como meios de produção e difusão cultural; dramaturgia autoral; música ao vivo enquanto elemento dramatúrgico e ocupação de ruas e espaços não convencionais. 

Em sua trajetória, a Cia. Cênica circulou por mais de 135 cidades de 11 Estados brasileiros, levando seu repertório a um público de mais de 300 mil espectadores. Atualmente, possui nove espetáculos em circulação: “Oi Lá, Inezita”, “Acordes”, “Auto da Anunciação”, “Por Quê?”, “Sabiás do Sertão – Teatro musical brasileiro em um ato, uma chegança e uma andança”, “Virado à Paulista”, “Terra abaixo, Rio acima”, “A Cor Silva” e “Queijo & Goiabada, das canções que você não autorizou pra mim”. 

SINOPSE: 

O progresso chega a uma pequena comunidade e, com ele, as águas. Casas, terras, pessoas, memórias, tudo é represado, submerso. Em um dia daqueles, em que o rio vira mar, os moradores e suas histórias fantásticas decidem emergir em busca de algo que se perdeu. O espetáculo tem como ponto de partida o realismo mágico e é inspirado em histórias colhidas no Noroeste Paulista. 

FICHA TÉCNICA: 

Dramaturgia: Graziela Delalibera e Fagner Rodrigues 

Direção: Fagner Rodrigues 

Pesquisas histórico-culturais: Cia. Cênica e Claudia Borges 

Orientação em pesquisa de intervenção no espaço urbano: Juliana Calligaris 

Composições inéditas: Márcia Morelli e Diego Guirado 

Preparação vocal: Elaine Matsumori 

Figurinos: Adbailson Cuba 

Cenografia: Fagner Rodrigues 

Arte de cenografia e adereços cênicos: Laura de Paula Barbeiro 

Elenco e músicos: Cássia Heleno, Clara Tremura, Diego Guirado, Fabiano Amigucci, Glauco Garcia, Márcia Morelli e Simone Moerdaui 

Oficina de orientação em interpretação: Tiche Vianna 

Oficina de orientação em canto e voz: Babaya de Moraes 

Classificação indicativa: livre 

Duração: 60 minutos 

SERVIÇO: 

Espetáculo “Terra abaixo, Rio acima”, da Cia. Cênica 

Realização: Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, através do ProAC (Programa de Ação Cultural) 

Grátis 

Rubinéia 

Data: 17 de maio, sexta-feira, 17h 

Local: Praça Osmar Novaes 

Parceria: Prefeitura Municipal de Rubineia e Departamento de Educação, Cultura, Esporte e Lazer 

Santa Fé do Sul 

Data: 18 de maio, sábado, 20h 

Local: Praça Salles Filho 

Parceria: Prefeitura Municipal de Santa Fé do Sul, Secretaria Municipal da Cultura e Colégio Cecafe-COC 

Jales 

Data: 19 de maio, domingo, 16h 

Local: Praça João Mariano de Freitas 

Parceria: Prefeitura Municipal de Jales e Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro 

Cia. Cênica na internet: www.ciacenica.com.br | Facebook: @cia.cenica | Instagram: @ciacenica 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página