Caseiro atacado por pitbulls segue internado em hospital

O caseiro de 59 anos que foi atacado pelos cães da raça pitbull na chácara onde ele trabalha segue internado na enfermaria da Santa Casa de Birigui. Durante o ataque a namorada dele, a pespontadeira Marli Donegá, de 53 anos, morreu.

O caso ocorreu na madrugada de quinta-feira (22), na chácara que fica às margens da rodovia Marechal Rondon (SP-300), e causou muita comoção em moradores da cidade e região devido a brutalidade dos seis animais que vivem no local.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Santa Casa de Birigui desta sexta-feira (23), o caseiro teve diversos ferimentos pelo corpo e o cuidado é para evitar infecções. Ainda não foi decidido sobre a realização de uma possível cirurgia em um de seus braços. “Ele segue sendo cuidado. O estado de saúde dele é estável, sem risco de morte. E não há previsão de quando ele deve receber alta médica”, informou a assessoria.

Marli foi sepultada no final da tarde de quinta-feira (22) após uma cerimônia rápida de velório, que ocorreu com o caixão fechado. A mulher teve ferimentos em várias partes do corpo e uma morte violenta devido a ferocidade dos animais.

O caso segue sendo investigado pelo 2º Distrito Policial de Birigui. Os laudos da necropsia e perícia são aguardados pelo delegado responsável pelo caso. Ele ainda segue com as oitivas. Apenas após a realizada todas as etapas é que ele deve concluir o inquérito aberto para apurar o incidente como morte suspeita.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password