Bolsonaro decide não participar de manifestações: em Votuporanga evento está confirmado 

Manifestação organizada pelo grupo Direita Votuporanga, está agendada para domingo (26), às 14, na Concha Acústica. Na região, cidades como: São José do Rio Preto/SP, Birigui/SP, Araçatuba/SP, Lins/SP e Penápolis/SP já confirmaram participação.  

Um assunto que vem reverberando nas redes sociais é a manifestação em apoio as diversas pautas do governo federal que estão sob avaliação do Congresso Nacional, onde segundo o movimento, existe um grande desinteresse em aprovar as reformas e projetos esperados pelo governo e que destravariam o futuro de Brasil. 

Em postagem do grupo, salientam, “trata-se de um evento consubstanciado no exercício democrático do direito à liberdade de expressão do povo brasileiro, que acontecerá no próximo domingo dia 26 de maio de 2019, na Concha Acústica de Votuporanga situada na Rua Amazonas, ao lado da praça da Catedral Votuporanguense. 

O evento que é consonante à vários outros semelhantes que ocorrerão por vários Estados do Brasil, tem como objetivo apoiar o chefe do Poder Executivo, bem como os ministros por ele nomeado, com fulcro nas seguintes pautas: 

  • Apoio à Reforma da Previdência – Proposta do Ministro da Economia Paulo Gudes;
  • Apoio ao Pacote Anticrime – Proposta do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro;
  • Abertura da CPI da Lava Toga; 
  • Abertura da CPI do BNDES. 

Em Votuporanga o evento contará com a reunião dos manifestantes de forma pacífica e ordeira, junto à Concha Acústica, contando com o direcionamento do locutor Sr. Carlos Alberto, o qual liderará o sistema de locução do evento, que terá apoio de carro de som, que operará dentro dos limites permitidos pela lei. 

O evento terá como tema cromático as cores verde e amarelo e será aberto com o canto e reverência do Hino e Bandeira Nacionais, dando sequência com gritos de ordem relacionados com os temas supracitados, liderados pelo locutor já mencionado.”

Articulação 

O presidente Jair Bolsonaro decidiu não participar dos protestos convocados. A informação foi confirmada pelo porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, segundo ele, o motivo da ausência é que trata-se de “uma manifestação livre e espontânea”, razão pela qual o presidente “não quer associá-la ao governo”. 

Os atos começaram a ser organizados espontaneamente nas redes sociais em apoio as pautas do governo, na semana passada, após alguns protestos contra o contingenciamento de recursos na Educação pelo governo federal, realizados na última quarta. 

0 Comentários

Deixe um Comentário

3 + 6 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password