Blitz multa 26 baladeiros, em R$ 1,3 mil cada, por aglomerações

Não só os donos de estabelecimentos e organizadores de festas que levam multa. Na noite deste sábado (5), a Vigilância Sanitária de Rio Preto autuou 26 pessoas por frequentarem bares com aglomeração e por não utilizarem máscara de proteção. A multa é de aproximadamente R$ 1.300 — total de R$ 33.800 numa só noitada.

A Guarda Civil Municipal (GCM) realiza a consulta do documento (CPF) para não ter falsificação e repassa para a fiscalização de posturas, que preenche o auto de infração e encaminha para a Vigilância.

“Em um estabelecimento, frequentadores tentaram fugir com a chegada das equipes. Tivemos informações que eles já sabiam, através de grupos de whatsapp, que a fiscalização estava autuando por CPF”, afirma Roger Assis, porta-voz da GCM.

Ele conta que estão passíveis de multa o proprietário do estabelecimento, DJs e músicos e frequentadores. Nesses casos, a interdição de estabelecimentos acontece após avaliação da Vigilância Sanitária, que pode ocorrer na hora ou nos dias seguintes, após a constatação.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password