Acusado de matar mulher em pesqueiro é preso pela PM em Parisi

Logo após cometer um bárbaro crime na noite deste domingo, dia 13, o acusado de matar uma mulher de 56 anos de idade, fugiu em seu veículo, uma picape Strada até uma propriedade rural de Parisi.

Arlindo Andrade – conhecido como Maritaca, foi preso pela Equipe Delta da Polícia Militar de Votuporanga em uma propriedade rural de Parisi, próximo ao local onde ele reside.

O homem matou com pelo menos sete facadas Maria Luiza Garcia, após ela não querer reatar um relacionamento amoroso que eles mantinham.

Em entrevista ao votunews, já na Central de Flagrantes onde foi conduzido, ele recebeu voz de prisão em flagrante do delegado de plantão Drº Rogério Montoro, disse estar arrependido e matou por estar “apaixonado, eu to arrependido”, disse o conhecido Maritaca. Durante a madrugada, os policiais militares localizaram um revólver com mais de 30 projéteis que seriam de propriedade do acusado de matar Maria Luiza.

O CRIME:

Um bárbaro crime chocou a população de Votuporanga na noite deste domingo (13). Um homem conhecido como Maritaca matou com pelo menos 7 facadas uma mulher de 56 anos de idade.

O crime aconteceu por volta das 21:50 horas deste domingo (13), no estacionamento de um pesqueiro localizado na vicinal Herbert Vinícius Mechi, que liga Votuporanga a Álvares Florence.

De acordo com informações obtidas com exclusividade pela reportagem do Votunews, a mulher identificada como Maria Luiza Garcia teve um relacionamento amoroso com o suspeito de ter cometido o crime, mas ela já havia rompido o relacionamento e o homem tentava reatar o caso. A mulher inclusive tinha uma medida protetiva contra o suspeito.

Na noite deste domingo (13) ela estava indo embora do pesqueiro quando ao lado de seu veículo ela foi covardemente atacada pelo homem.

A perícia constatou pelo menos sete facadas no corpo da vítima.

A equipe médica do SAMU esteve no local do crime e constatou o óbito.

Após cometer o crime, o homem que é morador de Parisi fugiu do local pilotando uma Caminhonete Strada de cor prata.

Funcionários do pesqueiro acionaram a Polícia Militar que chegou ao local em minutos. O delegado de plantão Dr. Rogério Montoro esteve no local do crime e informou que toda a polícia de Votuporanga e região está empenhada na prisão do suspeito.

Reportagem: Votunews.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página