PIX bate novo recorde; foram R$ 119,4 bilhões movimentados na última sexta

Total de operações também alcançou novo patamar, somando 224,2 milhões de transações em um único dia. Ferramenta entrou em operação em 2020.

O Banco Central informou nesta segunda-feira (8) que as operações via PIX atingiram um novo recorde na última sexta-feira (5), com R$ 119,4 bilhões movimentados no dia.

Segundo o BC, o total de operações também bateu recorde, somando 224,2 milhões de transações em um único dia.

Os patamares anteriores haviam sido registrados em 7 de junho, quando R$ 90,9 bilhões circularam por meio de 206,8 milhões de transações via PIX. “Os números são mais uma demonstração da importância do PIX como infraestrutura digital pública, para a promoção da inclusão financeira, da inovação e da concorrência na prestação de serviços de pagamentos no Brasil”, disse o BC em nota.

Lançado em 2020, o PIX é um sistema instantâneo de pagamentos desenvolvido pelo Banco Central.

Expansão do PIX

Atualmente, o Banco Central está desenvolvendo uma nova modalidade do sistema, o “PIX garantido”, que pode substituir o cartão de crédito e se tornar uma alternativa para parcelamento de compras.

Como mostrou o g1, os bancos já se anteciparam e passaram a oferecer o parcelamento via PIX.

‘Pix Garantido’: BC avança na modalidade que poderá ser alternativa ao cartão de crédito

A operação está sujeita às regras de cada banco, com possibilidade de cobrança de juros e IOF.

O Banco Central também deve lançar, em outubro, duas novas modalidades de PIX: automático e agendado recorrente.

As duas modalidades vão possibilitar aos clientes o agendamento dos débitos, podendo ser usado para contas recorrentes, como energia, água e aluguel, por exemplo.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mimPerdeu sua senha?

Lost Password