Votuporanguenses veem cair “bola de fogo” do céu

Uma “bola de fogo” que cortou os céus de várias cidades da região de Votuporanga na noite desta quarta-feira (23) deixou os moradores intrigados.

 

O fenômeno também foi visto por vários votuporanguenses que estavam no Cupim Grill, na avenida João Gonçalves Leite. Um grupo de amigos registrou as cenas da “bola de fogo” e relatou em detalhes este caso a reportagem do votunews.

 

Para o jornalista e apresentador da TV Unifev, Luciano Guimarães, o fenômeno nos céus da região seria a queda de um satélite velho. “Eu estava lá fora, na avenida fumando com umas seis pessoas, derrepente, achamos que era uma estrela cadente mas, ganhou força e seguiu embora. Veio do lado da cidade de Cardoso e foi embora pro lado de Araçatuba. Eu acho que é satélite velho porque asteroide vai diminuindo de tamanho, este não, parecia filme, todo mundo ficou mudo, de boca aberta”, relatou o jornalista. 

 

Felipe Delfini, que presenciou a gravação, conta que assim que o vídeo foi compartilhado, várias pessoas de outras cidades afirmaram ter visto o fenômeno no céu. “Foi muito rápido. Assim que colocamos o vídeo na rede social outras pessoas disseram no comentário terem visto a mesma coisa”, disse Delfini.

Em Tanabi (SP), o adolescente Clécio Dourados, de 15 anos, flagrou o mesmo fenômeno enquanto andava pelas ruas. Ele conta que ia até a casa de um amigo quando viu algo estranho no céu. “Estava filmando e brincando com uma criança que estava comigo quando olhei para o céu, vi essa ‘bola de fogo’ e imediatamente filme e tirei foto. Como estava muito próximo de nós, saí correndo para ver o local em que iria cair. Mas foi muito rápido, quando olhei de novo ela havia sumido”, diz. (Veja o vídeo ao lado).

Clécio postou as fotos e o vídeo em uma rede social, onde, segundo ele, outras pessoas comentaram que também viram o episódio. “Muitos amigos disseram que viram de casa. Pelo fato de ter acontecido um fenômeno parecido há uns cinco anos, todo mundo fica esperto quando acontece esse tipo de coisa”, disse o adolescente.

 

Vitor Berger, amigo de Clécio, também viu a “bola de fogo”. “Eu e uma amiga vimos tudo. Ela fez um barulho muito alto e estranho, mas aí simplesmente desapareceu, sumiu do nada”, confirma Vitor.

Nota da Redação: Segundo a meteorologista Neide Oliveira, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a “bola de fogo” se assemelha muito a um meteoro.

A reportagem encaminhou o vídeo ao Observatório Didático Astronômico da UNESP/Bauru. O professor Rodolfo Langhi afirmou que realmente se trata de um meteoro. “Pelo vídeo, aquele fenômeno se tratava de um bólido, um meteoro com grande intensidade de brilho e fragmentação do corpo. Estes fenômenos não são muito raros no céu. São corpos rochosos
provenientes do espaço e que entram na atmosfera terrestre ou restos de
artefatos (satélites artificiais ou lixo espacial).

O pesquisador da Inape (Instituto de Astronomia e Pesquisas Espaciais) de Araçatuba (SP), Jorge Nery, também analisou as imagens e concluiu ser lixo espacial. “Observamos nas imagens que aparentemente é a queda de um lixo espacial e apresenta uma cauda de fogo devido ao atrito na atmosfera. Como ele estava em uma altura elevada, chegou na atmofera e se desintegrou. É um fenômeno comum, pois a quantidade de lixo espacial é muito grande”, comentou Nery.

Votunews – com informações G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password