Votuporanguense faz a festa da torcida e dá passo importante rumo ao título da série A3 do Campeonato Paulista

Quase seis mil pessoas lotaram o estádio Plínio Marin, em Votuporanga, na manhã do domingo (24), para assistir o jogo de ida da final da Série A3 do Campeonato Paulista entre Votuporanguense e Taubaté. Além da partida decisiva, que terminou numa vitória por 3 a 0 do time mandante, o público pôde presenciar a última atuação realizada no estádio que sediou os confrontos que aconteceram na cidade desde 1956.

Para disputar a Série A2 no ano que vem, o clube alvinegro irá demolir a atual construção para levantar uma arena com capacidade para receber dez mil pessoas. Durante esses quase 60 anos de existência, o Plínio Marin recebeu jogos da Associação Atlética Votuporanguense, extinta em 2000, da Sociedade Esportiva Votuporanga, a SEV, que, no fim de 2005, se mudou para Hortolândia, e do Clube Atlético Votuporanguense, atual representante da cidade no futebol profissional.

Fundado em 2009 para suprir a falta de um clube de futebol profissional na cidade, o Votuporanguense sempre teve como sua casa o estádio Plínio Marin. Nele, o time conquistou o título da Segunda Divisão de 2012.

O segundo acesso veio em 2015, em seu terceiro ano na Série A3, com grande contribuição do estádio, já que em seus domínios, o Votuporanguense conseguiu uma marca de 11 vitórias, três empates e nenhuma derrota, e ainda encerrou sua participação no estádio dando alegria aos torcedores ao vencer por 3 a 0 o Taubaté, garantindo uma boa vantagem para a partida de volta.

O clube não perde dentro de casa desde o dia 14 de setembro do ano passado, quando sofreu um revés por 1 a 0 diante do Mirassol, pela Copa Paulista. O presidente Marcelo Stringari comentou o feito do grupo. “O Plínio Marin é muito importante para a nossa equipe porque nele são 18 jogos invictos. O nosso time se tornou muito forte e isso se deve ao estádio, pois a torcida fica próxima dos jogadores e causa pressão”, ressaltou.

O mandatário também falou da força dos torcedores de Votuporanga, que deu ao time a melhor média de público da competição. “A nossa torcida é assim. A gente já começa as competições com uma boa média de público. Eles não comparecem só com vitórias e, depois que tivemos uma crescente, conseguimos nosso maior número contra o Taubaté, onde a torcida nos apoiou muito e com certeza vai continuar nos apoiando”, afirmou o presidente.

Marcelo ainda explicou o planejamento do clube para a nova arena. “A reforma está andando bem, está ficando bonita. Até outubro a gente espera que já tenha terminado para ajustar tudo para disputar a Série A2”, concluiu o dirigente, que ainda declarou que o plano final é que o estádio tenha capacidade para 23 mil pessoas, mas que nesta primeira etapa só será entregue para dez mil.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password