Votuporanguense estreia neste sábado pela série A3 enfrentando o Rio Preto

Informações, possível escalação e pelo que deve brigar na Série A3

Rebaixado na temporada passada, o alvinegro não quer ficar muito tempo no terceiro escalão do futebol passada

 

Rebaixado ano passado para a Série A3, o Votuporanguense, que já foi vice-campeão da competição, chega para o torneio com objetivo de retornar o mais rápido possível para o segundo escalão do futebol paulista.

No comando técnico, o CAV trouxe o treinador Rogério Corrêa, que estava trabalhando como auxiliar-técnico do Athletico Paranaense. O jovem comandante prioriza posse de bola, utilização de jovens e uma equipe ofensiva.

Dentro de campo, a Pantera Alvinegra trouxe 17 reforços, além de promover 12 atletas da base. Entre os contratados estão o retorno do meia Ricardinho, que já acumula 72 jogos com a camisa do time. Outro reforço conhecido é o atacante Murilo Oliveira, que atuou na base do São Paulo e foi xodó do treinador Juan Carlos Osório na passagem dele pelo clube do Morumbi.

Reforços e possível escalação

  • Goleiros: João Vitor (Botafogo) e Talles (Barra-SC)
  • Zagueiros: Eduardo Melo (Joinville-SC), Guilherme Café (XV de Jaú) e Paulo Henrique (União Rondonópolis-MT)
  • Lateral: Hugo (Palmeira de Goianinha-RN) e Félix (Bandeirante)
  • Volantes: Índio (Tupynambás-MG), Nicolas (Figueirense) e Vinicius Diniz (Santa Cruz)
  • Meia: Ricardinho (Barra-SC)
  • Atacante: Carlos André (Portuguesa), Diego Dentinho (América-PE), João Marcos (Santa Cruz-PE), Léo Santos (Camboriú-SC), Lorran (Bangu-RJ), Lucas Mineiro (Rio Branco-SP) e Murilo Oliveira (Botafogo-SP)

Possível escalação: Talles; Eduardo Melo, Paulo Henrique e Mateus Buiate; Maicon, Índio, Ricardinho e Thales Tim (Léo Santos); João Marcos, Carlos André (Murilo Oliveira) e Lorran.

Pelo que deve brigar

O Votuporanguense se reforçou bastante para a disputa da Série A3. Apostando em um elenco e um técnico jovem, o CAV chega com o objetivo de conquistar o acesso. A equipe está em um hall junto a Noroeste, Penapolense e Bandeirante como candidatos a subir, mas que estão atrás de favoritos como Marília e São José.

A experiência do meia Ricardinho, que atuou nos últimos três anos, pode ser fundamental para voos mais altos da Pantera Alvinegra.

Escanteiosp.com.br

Foto: Rafael Bento/CAV

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password