Votuporanguense espanta sina em casa e bate Ferroviária

Equipe Alvinegra não vencia no Plínio Marin desde a estreia na Copa Paulista contra o Comercial

 

A sina de não vencer em casa acabou!. Neste domingo, a Votuporanguense recebeu a Ferroviária no estádio Plínio Marin, pela segunda fase da Copa Paulista, e em jogo emocionante venceu por 3 a 2. A equipe Alvinegra saiu na frente e chegou a abrir 2 a 0, mas cedeu o empate para a Ferrinha. No fim, Sthanner saiu do banco para dar a vitória por 3 a 2. A Alvinegra volta a campo na próxima quarta-feira diante do Independente, fora de casa, em Limeira.

De uma coisa o torcedor não pode reclamar: o jogo valeu o ingresso! As duas equipes se lançaram a campo buscando a vitória. A Ferroviária começou melhor, mas foi a Votuporanguense que abriu o placar. Antes do gol, Cairo fez excelente reposição de bola e deixou Victor Palito em boa posição. Ele cruzou rasteiro e Anderson cavalo carimbou o travessão.

Em seguida, Léo foi guerreiro. O atacante disputou a bola no meio campo, ganhou o lance, canetou o próximo marcador e deixou Adílson Bahia na cara do gol. O camisa 10 teve calma e cruzou para Victor Palito escorar, de peito, para o gol: 1 a 0 Alvinegra. O gol deu ânimo, e 4 minutos depois, aos 29, veio o segundo. Victor Palito fez linda jogada pela esquerda, cortou o zagueiro e definiu. A bola esbarrou no goleiro da Ferrinha e sobrou livre para Anderson Cavalo ampliar.

Antes de terminar a etapa inicial, a zaga alvinegra deu bobeira e a Ferroviária descontou. Adriano Paulista recebeu livre pela direita e cruzou para Gustavo Henrique, que saiu do banco, descontar.

A segunda etapa começou agitada. Mal começou e a Ferrinha empatou. Em lance de escanteio, Adriano Paulista bateu e o zagueiro Neguete igualou o marcador em 2 a 2. Daí em diante a partida ficou emocionante, o jogo ficou lá e cá, com as duas equipes buscando os três pontos. O CAV cansava de perder gol e a Ferrinha também assustava. Foram duas bolas na trave, uma de cada lado.

No fim, na raça, a Votuporanguense fez, merecidamente, o terceiro gol. E a jogada veio de dois jogadores que saíram do banco. Aílton recebeu a bola e tocou por cima para Sthanner, que correu e não se intimidou de dividir de cabeça com o goleiro da Ferrinha. Gol da Alvinegra para lavar a alma e espantar a zica de não vencer em casa. A torcida vibrou muito e os jogadores foram reconhecidos com aplausos pela entrega.

O CAV agora tem três pontos e divide a liderança do Grupo 7 com o Atlético Sorocaba, que bateu o Independente, sábado, em casa. Ferroviária e Independente ficam atrás, sem pontuar na primeira rodada da segunda fase.

Fábio Ferreira A Cidade

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password