Alvinegra disputa vaga com Santo André nesta tarde

Paulinho e Victor Hugo prometem muita garra pela vitória hoje, às 18h30, no Plínio Marin, diante do Santo André

 

O Clube Atlético Votuporanguense tem hoje diante do Santo André, às 18h30, no Plínio Marin, pelas quartas de final da Copa Paulista, uma das partidas mais importantes de sua recente história. Para dois jogadores, a partida é ainda mais especial. Nascidos em Votuporanga, os volantes e irmãos Victor Hugo e Paulinho serão os responsáveis pela marcação no meio campo. Tudo será supervisionado pelo olhar do pai, Chicão, que fica na beira do campo e ajuda a equipe como maqueiro nos dias de jogos.

Nesta Copa Paulista, os dois já jogaram juntos em oito partidas. E o retrospecto é favorável. São quatro vitórias, dois empates e duas derrotas. A última partida deles em campo foi justamente o jogo da classificação contra a Ferroviária, em Araraquara. O irmão caçula, Victor Hugo, de 21 anos, diz que é um sonho realizado atuar ao lado do irmão. “Quando ele saiu de casa, a gente sempre se falava pela internet e eu dizia que um dia ainda iríamos jogar juntos. Sempre tive meu irmão como exemplo e sempre foi um sonho jogar com ele. Estou muito feliz de realizar isso na nossa cidade, diante da nossa família”, contou.

Paulinho, ao lado do goleiro Cairo e do volante Jordã, é um dos líderes do elenco. Mais velho, com 27 anos, ele conta que não facilita na hora de cobrar o irmão em campo. “Fica mais fácil de cobrar, a gente tem uma liberdade grande por conta da afinidade. A cobrança é em dobro. Mas é um privilégio enorme jogar ao lado do Victor. Este é apenas o segundo time profissional dele, e já tive a honra de encontrá-lo em campo”.

Não tem jeito, irmão é irmão dentro e fora de campo. Sendo assim, é instinto de sangue um comprar a briga do outro. Nesta Copa Paulista, os dois acumulam histórias. “Contra a Santacruzense, fora de casa, tomei um cartão amarelo por causa dele. Ele recebeu um tapa e eu fui para cima do jogador cobrar a atitude. Na hora foi impulsão, só depois que percebi que tinha que me controlar mais para não ser expulso”, recordou Paulinho.

O camisa 8 também lembra de um episódio na vitória por 1 a 0 contra o Independente, em Limeira. “Um dos caras do Independente foi para cima dele e eu entrei na frente para discutir. Foi quando o técnico, o Álvaro Gaia percebeu e perguntou se eu estava fazendo aquilo porque ele era meu irmão”, contou. Enquanto o irmão relembrava os casos, Victor Hugo apenas sorria, orgulhoso de Paulinho.

O caçula, camisa 5 no jogo de hoje, conta que os dois falam de futebol quase o tempo todo. “Saímos dos jogos e ficamos comentando os lances. Em casa também sempre estamos falando sobre os adversários e dando toques um para o outro”. O mais feliz com isso tudo é o pai, Chicão, orgulhoso de ter a oportunidade de ver os dois filhos juntos. “No primeiro jogo contra o Comercial, no Plínio Marin, teve uma parada técnica e ele estava como maqueiro no jogo. Quando fui a beira do campo para conversar com o treinador ele esqueceu de tudo e veio gritando . Dei risada e pedi calma que aquele momento era de pegar instruções”, afirmou Paulinho.

Para o jogo de logo mais no Plínio Marin, os dois sabem da grande importância do duelo. Victor Hugo prega que é o jogo mais importante de sua vida. “Estive aqui no ano do acesso em 2012 e foi maravilho. Sei da importância deste jogo para a história do clube. Vou dar meu máximo”. Mais experiente, Paulinho também falou da decisão. “Precisamos fazer um bom resultado dentro de casa. O Santo André é um grande clube e serão duas partidas complicadas”, concluiu. Que no fim da partida sorria o pai, os dois filhos e os mais de dois mil torcedores que são esperados no Municipal.

 

Treino

Na tarde de ontem a Alvinegra realizou o último treinamento antes da partida. Marcelo Henrique, que já confirmou o time desde terça-feira, apenas orientou o grupo e soltou a bola para uma atividade recreativa.

 

Ingressos

As bilheterias do Estádio Plínio Marin estarão abertas a partir das 17h. O valor dos ingressos são: R$ 20 na coberta e R$ 10 na parte descoberta. Pessoas acima dos 60 anos e estudantes têm direito a meia-entrada. Votuporanguense e Santo André se enfrentam às 18h30.

Fábio Ferreira

fabio@acidadevotuporanga.com.br

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password