Cidade sofre surto de catapora e deixa saúde em alerta

Hoje, Votuporanga registra 528 notificações de casos de catapora (varicela). É o que afirma a Vigilância Epidemiológica do município.  A doença é facilmente transmitida para outras pessoas, incluindo, adultos, adolescentes e principalmente, os menores de idade.

“Nesta época do ano, em que nota-se a queda nas temperaturas, é possível verificar o aumento no número de casos da doença, portanto, é necessário que as crianças estejam com a vacina em dia”, alerta a enfermeira responsável pelo setor de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Danieli Fortilli.

 

A vacina está disponível em todas as unidades de saúde e integra o calendário de rotina para bebês de 15 meses (um ano e três meses).

 

A catapora é caracterizada principalmente pelo surgimento de bolhas vermelhas (vesículas) na pele, espalhadas pelo corpo, que causam coceira e outros sintomas. O contágio acontece através das vias respiratórias e pelo contato com objetos contaminados pelo líquido das lesões. “Os primeiros sintomas são febre, mal-estar, falta de apetite e dor de cabeça. Em seguida, surgem as lesões na pele que se apresentam através de manchas avermelhadas, que dão lugar a vesículas cheias de líquido e, que posteriormente, se transformarão em crostas que provocam coceira” – explica a enfermeira.

 

Devido ao alto grau de transmissibilidade, é importante que as pessoas acometidas pela varicela permaneçam em casa, de repouso, por pelo menos uma semana. “Aos primeiros sintomas, deve-se procurar um serviço de saúde para que o médico possa orientar o tratamento e avaliar a gravidade da doença. Em hipótese alguma, o morador deve se automedicar” – destaca Danieli.

 

A análise do histórico do paciente e a observação dos sintomas, especialmente se há ocorrência de erupções na pele, são sinais preponderantes para que o médico faça o diagnóstico.

 

Prevenção

* Vacine o bebê contra a catapora. As vacinas são disponibilizadas gratuitamente para crianças até o cinco anos de idade na rede pública de saúde;

* Evite o contato direto com pessoas doentes;

* Não coce as lesões para evitar infecções;

* Mantenha o paciente em repouso enquanto tiver febre;

* Consuma alimentos leves e beba bastante líquido.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password