Votuporanga se torna candidata à sede dos Jogos Abertos de 2016

Votuporanga defende, no domingo, a candidatura para sediar competições em 2016; o prefeito Junior Marão e o secretário José Ricardo Mineiro vão usar Complexo Esportivo como “trunfo” na disputa

Votuporanga defende, no domingo, a candidatura para sediar os Jogos Abertos do Interior, também chamados de “Olimpíadas Caipiras”, em 2016. A apresentação da cidade será feita pelo prefeito Junior Marão e pelo secretário de Esporte e Lazer, José Ricardo Rodrigues da Cunha (o Mineiro), e acontece na praça Nove de Julho, 1-15, na Vila Falcão, em Bauru.

Além de um vídeo institucional e material impresso, Marão falará sobre o Complexo Esportivo da Cidade Universitária, local que deverá receber a maior parte das modalidades, caso a cidade seja eleita como sede da competição.

Votuporanga vai concorrer à vaga com a cidade de São Bernardo do Campo. Terão direito a voto: prefeito ou chefe ou assistente da Chefia da Delegação dos Municípios participantes dos Jogos neste ano e que tenham participado no ano anterior.

Sem medalha

Por enquanto, Votuporanga ainda não conquistou nenhuma medalha. Na abertura da competição, na quarta-feira, o município ficou com o quarto lugar no ciclismo – modalidade Velocidade Olímpica. Entretanto. A equipe de Damas (categoria Misto) perdeu para a cidade de Itararé, pelo placar de 6 a 4. O vôlei feminino também foi derrotado para Taubaté por 2 sets a zero parciais 25 a 23 e 25 a 21.

Ontem, o ciclismo masculino não ganhou colocação e o vôlei feminino venceu o Santa Cruz do Rio Pardo por 2 a 0.

De acordo com a Secretaria de Esporte e Lazer, a delegação votuporanguense é composta por 112 integrantes, dos quais 98 são atletas e comissões técnicas, sendo os demais da equipe de apoio (cozinheiras, motoristas e serviços gerais).

A meta é tentar, pelo menos, repetir a classificação geral do ano passado, em Mogi das Cruzes, quando Votuporanga terminou em décimo lugar, com 54 pontos e uma delegação composta por 73 atletas. As maiores chances de medalhas estão depositadas no biribol (medalha de ouro em 2007, 2009 e 2013) e vôlei de praia.

Os jogos

Jogos Abertos do Interior se transformaram em um dos mais importantes momentos do esporte nacional, cumprindo seu objetivo de integrar atletas de diversas modalidades e reunir em um único espaço equipes de cerca de 200 cidades de São Paulo.

Os primeiros responsáveis pela competição foram Horácio “Baby” Barioni, ex-jogador de basquete do Palestra Itália (hoje, Palmeiras) e do Espéria, clubes da capital paulista, e de Manuel Carvalho Lima, na época presidente da Associação Montealtense.

Em 1936, decidiram organizar o “Campeonato Aberto do Interior”, em Monte Alto, cidade natal de Horácio “Baby” Barioni. Em 1939, graças a Edmundo de Carvalho, então diretor do Departamento Estadual de Educação Física, os jogos passaram a ter caráter oficial e foram realizados em Campinas.

Desde então, novas modalidades foram incorporadas na disputa, passaram a ser realizados em diferentes cidades, atraindo maior número de atletas e mobilizando torcedores. Na sua história, apenas em um ano deixou de ser realizado.

Em 1989, em decorrência de um longo período de greve dos professores, houve a necessidade de reposição de aulas e a rede estadual de ensino não pôde ceder as escolas para alojar os atletas.

 

Andressa Aoki
andressa.aoki@diariodaregiao.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password