Votuporanga recebe médica cubana do programa Mais Médicos

Profissional deverá assumir uma das 15 Unidades de Saúde do município após a liberação do Registro do Ministério da Saúde, o que deve ocorrer na próximas semanas

A médica cubana, Dra. Marlene de La Caridad Pérez Sánchez, encaminhada a Votuporanga por meio do programa Mais Médicos do Governo Federal foi apresentada oficialmente na última quinta-feira, dia 24, aos Consultórios Municipais para conhecer o modelo de atendimento oferecido no município. A profissional chegou a Votuporanga na terça-feira, dia 22, após uma solenidade realizada no Hotel Excelsior, em São Paulo. A profissional só deverá assumir uma das 15 Unidades de Saúde do município,

após a liberação do RMS (Registro do Ministério da Saúde) – documento necessário para que os médicos estrangeiros possam atuar no Brasil. Esta permissão será publicada no Diário Oficial da União nas próximas semanas.

A secretária municipal de Saúde, Dra. Fabiana Arenas Stringari de Parma, garante que a vinda dessa profissional contribuirá no atendimento a população, e que essas primeiras semanas servirão para a ambientação da médica à rede municipal de saúde. “O processo de atendimento ao paciente, o modo de dispensação de medicamentos e o panorama da saúde em Votuporanga estão sendo detalhadamente apresentados a Dra. Marlene para que ela possa trabalhar em consonância com as necessidades de nossos pacientes”, destaca a secretária.

A médica formada há 24 anos tem especialização em clínica geral e mora em Santiago de Cuba. “Estou contente por estar no Brasil. Votuporanga é uma cidade especialmente bonita e posso dizer que fui bem acolhida por todos e já me sinto a vontade para começar a trabalhar” – assegura Dra. Marlene. Ela conta que já atuou em outros países, como a Venezuela e o Paquistão.

O município é responsável pela concessão de moradia, alimentação e deslocamento. A habitação pode ser assegurada por meio de disponibilização de imóvel ou de acomodação em hotel ou pousada, bem como pela concessão de auxílio financeiro no valor mínimo de R$ 500 e máximo de R$ 2.500, para que o próprio profissional providencie sua moradia. Neste momento, a médica permanece instalada em um hotel local.

Nas últimas semanas, a médica recebeu um treinamento intensificado para se adaptar à língua portuguesa. A capacitação continua à distância e uma vez ao mês, o encontro será presencial, na sede da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), também em São Paulo.

 

Programa Mais Médicos em Votuporanga

De acordo com o planejamento já elaborado em 2013, quando o município aderiu ao Programa Mais Médicos, a Secretaria Municipal de Saúde solicitou ao Ministério da Saúde providências para o encaminhamento de um médico para atuar na Atenção Básica de Votuporanga. A oportunidade desse chamamento se deve a substituição de uma médica que se desligou do Programa Saúde da Família, no início deste mês.

O Programa do governo federal faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), que convoca médicos para atuar na atenção básica dos municípios.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password