Votuporanga em Ação: 140 vagas estão abertas

 Inscrições podem ser feitas até quarta-feira, das 8h às 16h, na Secretaria de Assistência Social, na Avenida João Gonçalves Leite
A Prefeitura de Votuporanga está com 140 vagas no programa de auxílio-desemprego Votuporanga em Ação. Os interessados devem fazer sua inscrição até quarta-feira (10/6), na Secretaria de Assistência Social, localizada na Avenida João Gonçalves Leite, 4705, das 8 às 16h, sem interrupção para o horário de almoço.

De acordo com a coordenadora do Votuporanga em Ação, Andreia Datorre, no ato da inscrição é necessária a apresentação do RG, CPF, comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone) e da carteira profissional. “Para famílias que possuem adolescentes com mais de 16 anos, é importante trazer a carteira de trabalho do menor”, disse.

Os requisitos mínimos para participar são: ter entre 22 e 65 anos de idade; estar desempregado por seis meses ou mais; residir no município nos últimos dois anos; não receber outra renda como, por exemplo, benefício, aposentadoria, seguro desemprego, pensão; renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa e apenas uma pessoa da família poderá ser beneficiada.

Os contemplados trabalharão em unidades da Prefeitura e receberão bolsa auxílio-desemprego pelo prazo de 180 dias no valor de um salário mínimo, além de uma cesta básica. “Os beneficiados começarão atuar em julho e serão chamados de acordo com a demanda”, afirmou.

A secretária de Assistência Social, Marli Pignatari, ressaltou a quantidade de interessados no primeiro dia da inscrição, nesta segunda-feira (8/6). “Diante da crise nacional, estamos atendendo mais pessoas que ficaram desempregadas. São pessoas qualificadas, que precisam de uma oportunidade”, afirmou.

Jéssica Fernanda Correia de Souza, de 23 anos, é uma das que pleiteiam a vaga. “Estou desempregada há mais de um ano. Estava fazendo faxina, mas, de um tempo para cá, não estou conseguindo mais serviço. Fiquei sabendo do Votuporanga em Ação por meio de um amigo e espero muito ganhar essa oportunidade”, disse.

Gilberto de Jesus Cruz, de 49 anos, é voluntário na Casa Abrigo, mas está em busca de emprego. “Já trabalhei por meio do programa na Secretaria de Direitos Humanos e achei excelente. Quero atuar de novo”, finalizou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password