Voo Baixo: três pessoas são presas e aviões apreendidos em Rio Preto em operação contra o tráfico internacional de drogas

Em todo país foram expedidos 46 mandados judiciais na operação Voo Baixo, sendo 13 de prisão e 33 de busca e apreensão.

A Polícia Federal cumpriu 16 mandados de prisão e busca e apreensão em quatro cidades da região noroeste paulista na manhã desta quarta-feira (4) em uma operação de combate ao tráfico internacional de drogas.

Em São José do Rio Preto/SP, três pessoas foram presas, sendo dois irmãos e a mulher de um deles. Eles foram encontrados em uma casa em condomínio de luxo em Rio Preto. Com eles, a polícia apreendeu carros de luxo e armas. Eles, segundo a PF, teriam aeronaves no nome deles.

Entre os presos está o empresário Rubens de Almeida Salles Netto. A imprensa, o advogado dele, Evandro Dias Joaquim, que defende Neto em outros processos, disse que tomou conhecimento da operação da PF de hoje pela imprensa. “Eu tomei conhecimento dos fatos pela imprensa e estou me dirigindo à 6ª Vara Criminal de São Paulo para me inteirar sobre os fatos e me coloco à disposição para maiores esclarecimentos assim que tiver maiores informações da situação e ver as medidas cabíveis”.

Ao todo, em Rio Preto, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão e prisão foram cumpridos em locais de pessoas que teriam ligação com a quadrilha. De acordo com a PF, algumas das pessoas seriam pilotos. Foram apreendidos em Rio Preto documentos relacionados a aeronaves.

Os policiais federais também cumpriram mandados no aeroporto de Rio Preto. Agentes chegaram ao local por volta das 5h. Durante mais de três horas, quatro policiais federais permaneceram no escritório do hangar, onde estão sete aeronaves.

Do local, eles saíram com vários documentos, que foram levados para sede da Polícia Federal de Rio Preto.

0 Comentários

Deixe um Comentário

dezoito + dezoito =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password