Viúva de taxista assassinado em Fernandópolis recupera veiculo

 

A viúva do taxista Gabriel dos Santos, 64 anos, morto na semana passada pelos primos Renan e Breno Araújo, recuperou o veículo, um Ford Ka, que estava apreendido na cidade de Silviria, local onde os bandidos foram presos na noite de sábado, dia 11.

Além do carro devolvido a família, todo os depoimentos sobre a prisão dos dois na Estado do Mato Grosso do Sul foi remetido a Delegacia de Investigações Gerais de Fernandópolis, onde o caso será apurado.

A Justiça do Estado de São Paulo aguarda os trâmites legais para transferência da dupla para serem ouvidos em Fernandópolis. O pedido já foi feito a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Mato Grosso do Sul.

Em depoimento, um deles citou que apenas queriam o veiculo para ser vendido em Campo Grande e que a execução do taxista foi banal, já que não teria esbanjado nenhuma reação.

O taxista Gabriel dos Santos foi executado com um tiro na nuca depois de ser amordaçado e obrigado a ajoelhar e o corpo deixado em um matagal as margens de uma estrada rural que liga Fernandópolis ao Distrito de Boa Esperança e encontrado por uma viatura da Policia Militar que fazia ronda pela zona rural da cidade.

Eles só foram presos depois de abastecerem em um posto de combustível em Aparecida do Taboado e deixado o local sem pagar. Sem placas, o carro foi cercado por três policiais militares do Mato Grosso na entrada da cidade de Selviria.

Com ajuda de Policiais civis, eles foram abordados próximo a praça central da cidade. Durante a perseguição a arma usada para matar o taxista foi dispensada e um deles fugiu, mas rapidamente foi preso.

Eles estão presos na Penitenciária de Três Lagoas aguardando decisão da Justiça.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password