Vigilantes são condenados a 12 anos por abuso sexual


Os dois homens acusados de render e assaltar um casal, em um bairro de Votuporanga, foram condenados a 12 anos, seis meses e 12 dias de prisão cada um.

 

Durante a ação, a dupla de marginais abusou sexualmente da jovem. A sentença foi enviada aos advogados dos estupradores na manhã de ontem.

 

 

O crime aconteceu no dia 31 de julho do ano passado, por volta da 1h. De acordo com informações apuradas pela reportagem no dia do crime, o segurança R.A.C., 34 anos, e o guarda noturno, J.R., 18 anos, seguiram até o Jardim Universitário em um veículo, Chevrolet /Celta prata, e estacionaram próximo de dois automóveis que já estavam no local. 
A dupla abordou o casal e, mediante ameaças, obrigou ambos a descer do carro. Bandidos passaram a exigir dinheiro e celulares. Em seguida, o rapaz foi trancando no porta-malas e assaltantes exigiram que a moça praticasse sexo oral neles.
Um motociclista que passava pelo local, avistou toda ação e acionou a Polícia Militar, que se deslocou rapidamente até o local e conseguiu deter os dois assaltantes em flagrantes.
Os dois foram autuados pelo delegado plantonista Thiago Silva Pereira pelos crimes de tentativa de roubo e estupro (ato sexual diverso da conjunção carnal sob grave ameaça), sendo recolhidos à cadeia de Votuporanga. A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password