Vídeo mostra porteiro sendo morto a tiros após discussão por causa de bola de papel, em Itumbiara

Polícia Civil segue em busca do vigilante, principal suspeito do crime. Defesa do guarda disse à corporação que ele pretendia se entregar.

 

Imagens de câmeras de segurança mostram quando o porteiro Guilherme Alves Pereira, de 23 anos, que é morto a tiros por um vigilante após uma discussão(assista acima). Antes das cenas mostradas, seguindo a Polícia Civil, eles brigaram por causa de uma bolinha de papel que não teria sido jogada no lixo. Na gravação é possível ver o segurança atirando no colega de trabalho. O crime ocorreu em Itumbiara, no sul de Goiás, e o vigilante Wallas Gomes de Lima, de 27 anos, é considerado o principal suspeito do crime.

“A gravação mostra a discussão deles, a troca de ameaças. A vítima vai ao seu carro e, quando está voltando, ela é rendida pelo autor, fica com as mãos para o alto, vira-se de costas e é baleada na cabeça. Outros seguranças chegam depois e ficam desesperados”, descreveu o delegado que assumiu as investigações nesta segunda-feira (15) Vinícius Penna.

Segundo Penna, os outros seguranças da equipe “tinham o dever de agir e não agiram”, por isso, estuda a possibilidade de co-responsabilizá-los. “O autor conversa com um deles, o outro chega e verifica a situação. Ele esboça uma reação de pegar a arma de fogo e tentar ir atrás do autor e esse que no primeiro momento já está ali perto da cena segura esse outro companheiro e o impede de tentar uma abordagem contra o autor”, completou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

20 + 9 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password