Vereador Osmair pede providências para arbitragem da Série A-3

O vereador Osmair Ferrari, descontente com a arbitragem que atuou no jogo entre o CAV (Clube Atlético Votuporanguense) e São Bento, de Sorocaba, no dia 9 de fevereiro, em Votuporanga, no Plínio Marin, que terminou em 2 a 2, enviou um pedido à ouvidoria de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol e à presidência da Federação Paulista de Futebol para que analisem os erros de arbitragem daquela partida.

Osmair deseja que providências sejam tomadas com relação ao árbitro Ricardo Brigagão Silveira e seus auxiliares, “diante da péssima performance na partida de futebol supramencionada, providências que sem dúvida ao que se sabe irão enaltecer ainda mais essa ouvidoria e a FPF”.

Sobre a arbitragem, o técnico do Votuporanga, China, disse o seguinte. “A gente sofre com as arbitragens, uns falam que é o peso da camisa e outros faltam de competência técnica dos árbitros. Na verdade, os prejuízos em termos de classificação são grandes, pois em um campeonato disputado como são as Séries A2 e A3, qualquer ponto faz diferença, haja vista que se tivéssemos hoje um ponto a mais estaríamos na zona de classificação. Não sou de falar de arbitragem, pois não é a minha função. Temos na Federação, o competente Coronel Marinho, que com certeza vai analisar com muito critério a postura de cada árbitro dentro de campo”, completou o treinador do CAV. (A Cidade – Jociano Garofolo)

Veja na íntegra, a carta do vereador, endereça a Marco Polo Del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol, e a Silas Santana, ouvidor da mesma entidade.

“Considerando que em partida de futebol realizada no Estádio Municipal Plínio Marin nesta cidade, no dia 9 de fevereiro do ano corrente, o Clube Atlético Votuporanguense – CAV enfrentou a equipe do São Bento de Sorocaba pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Série A3;

Considerando que, além da equipe local ser prejudicada pela intensa chuva, que ocasionou danos ao gramado e afastou muitos torcedores alvinegros, a referida partida foi muito prejudicada pela péssima arbitragem de Ricardo Brigagão Silveira e seus auxiliares, conforme se pode notar em matéria jornalística anexa;

Considerando que o referido árbitro no primeiro tempo da citada partida marcou um pênalti que só foi visto por ele no momento em que o CAV estava dominando o jogo e também prejudicou a equipe ao prorrogar a partida no primeiro tempo até os quarenta minutos, onde foi marcado o gol de empate da equipe visitante, o que prejudicou sensivelmente a estabilidade emocional dos jogadores e da comissão técnica, além de ter influenciado no resultado final do jogo;

Considerando que tal fato trouxe grande revolta aos torcedores votuporanguenses e à imprensa presente, já que a marcação da penalidade foi um erro gravíssimo da arbitragem e coloca em risco a imagem da Federação Paulista de Futebol;

Considerando que dentro do contexto narrado e nos termos do artigo 6° do Estatuto do Torcedor, ao qual, vislumbra que é dever da entidade organizadora da competição dar oportunidade para que as pessoas aprendam, opinem, discutam e deem sugestões ao ouvidor sobre o regulamento do jogo e campeonato;

Considerando que sabemos dos esforços da Federação Paulista de Futebol em aperfeiçoar os árbitros dos jogos promovidos por essa instituição através do Programa de Treinamento Intensivo Integrado, no objetivo de evitar erros esdrúxulos que possam prejudicar sensivelmente as equipes envolvidas e também desmotivar toda a torcida e comunidade local, colocando em risco a lisura e transparência da organização do campeonato A3;

Desta forma, nos dirigimos a essa Ouvidora de Arbitragem, sendo que, daremos ciência também para a Presidência da FPF, que sejam tomadas providências com relação ao árbitro Ricardo Brigagão Silveira e seus auxiliares, diante da péssima performance na partida de futebol supramencionada, providências que sem dúvida ao que se sabem irão enaltecer ainda mais essa Ouvidoria e a FPF.

Sem mais para o momento, aproveitamos o ensejo para renovar nossos protestos de elevada estima e consideração”.

Osmair Ferrari

Vereador

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password