Vereador Meidão reclama da falta de medicamento na rede pública

O vereador Mehde Meidão Slaiman Kanso (PSD) enviou um ofício à Secretaria Municipal de Saúde reclamando a falta de medicamentos na rede pública municipal.

 

No documento, Meidão especifica a falta do remédio Clonazepam 2 mg (Clopam) que, segundo o vereador, está há mais de um mês em falta na rede pública de saúde, deixando de atender muitos pacientes que fazem uso contínuo desta medicação.

 

Preocupado com as pessoas que necessitam deste medicamento, mesmo em recesso na Câmara, Meidão cobrou da secretária da Saúde, Fabiana Parma, se realmente está em falta este medicamento em Votuporanga.

 

O vereador disse que alguns pacientes fizeram a reclamação sobre a ausência do Clopam na rede e, para tanto, está pedindo urgentes providências para que o municípío tenha à disposição dessas pessoas este remédio de uso controlado.

 

O medicamento Clonazepam está indicado isoladamente ou como adjuvante no tratamento das crises epilépticas mioclônicas, acinéticas, ausências típicas (petit mal), ausências atípicas (síndrome de Lennox-Gastaut). Clonazepam está indicado como medicação de segunda linha em espamos infantis (Síndrome de West).
Em crise eplépticas clônicas (grande mal), parciais simples, parciais complexas e tônico-clônico generalizadas secundárias, clonazepam está indicado como tratamento de terceira linha.
Transtornos de ansiedade:
•  Como ansiolítico em geral.
•  Distúrbio do pânico com ou sem agorafobia.
•  Fobia social.

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password