Vereador Jura conhece Hemocentro referência no Estado e quer trazer unidade para Votuporanga

Uma das principais reivindicações e anseios da comunidade votuporanguense é a instalação de uma unidade do Hemocentro na cidade. Durante encontros e reuniões com moradores, o vereador Jurandir Benedito da Silva, o Jura (PT) sempre foi questionado e cobrado pela falta desta unidade em Votuporanga.

Em razão disso, o vereador esteve nesta semana, na USP (Universidade de São Paulo) – campus de Ribeirão Preto, conhecendo o Hemocentro que funciona dentro do hospital referência nacional neste tipo de serviço. O objetivo da visita foi conhecer os serviços prestados e se reunir com a diretoria do hemocentro para iniciar as tratativas visando a instalação de uma unidade em Votuporanga ou então algum posto de coleta e distribuição dos derivados de sangue.

O Hemocentro de Ribeirão Preto é responsável pela unidade de Fernandópolis, que atende a demanda de Votuporanga e região. O vereador destacou que o Hemocentro no momento possui um estoque de sangue suficiente para atender as unidades subordinadas à unidade central, contando com Votuporanga. Jura se reuniu com as diretorias Miriam Castanheira – gerente de Comunicação Social do Hemocentro, a assistente social Marina Pereira Braga e Patrícia Pinho – gerente de faturamento da unidade.

Contudo, Jura apresentou a diretoria o anseio da população votuporanguense e ouviu que existe a possibilidade de instalar uma unidade local, desde Votuporanga e as cidades da microregião tenham uma doadores suficientes para a manutenção. O Hemocentro Ribeirão Preto controla as unidades de Franca, Araçatuba, Fernandópolis e Presidente Prudente.

O vereador explicou que a diretoria do Hemocentro entende o pleito de Votuporanga, destacou ser importante, mas para vir uma unidade para cá, é possível somente através da demanda oferecida.

Para tanto, Jura vai iniciar nos próximos dias uma mobilização no sentido de verificar a demanda de Votuporanga e ainda enviar a diretoria do Hemocentro documentos que justifiquem o pedido de instalação no município. O vereador vai se reunir com os órgãos competentes da cidade, como a Secretaria Municipal de Saúde e a Santa Casa para buscar subsídios no sentido de viabilizar a instalação do hemocentro no município. “Precisamos ter uma demanda para que seja feita a coleta periódica de sangue de Votuporanga atendendo também doadores de cidades que compreendem a nossa microregião”, justificou.

A arrecadação mensal do Hemocentro de Fernandópolis atinge em média 800 a mil/bolsas de sangue por mês, o que atende toda a região. O Hemocentro de Ribeirão Preto é administrado por uma fundação sem fins lucrativos e funciona no hospital dentro da USP. A unidade faz a coleta, processamento e distribuição dos derivados do sangue.

Projeto Doador do Futuro

O vereador Jura deve lançar nos próximos dias, o projeto denominado Doador do Futuro, que consiste em um trabalho pedagógico permanente de conscientização com os alunos da rede municipal de ensino, ou seja, incluir em sala de aula a importância e a necessidade da doação de sangue e órgãos. “Será um importante projeto de grande alcance social, de saúde e de utilidade pública”, destacou Jura.

Outra iniciativa do vereador é trazer para Votuporanga um projeto de coleta de sangue itinerante. Para isso, Jura vai discutir com os órgãos ligados ao assunto e colocar em prática o uso de um ônibus totalmente adaptado para fazer a coleta de sangue nos bairros, praças e locais de grande concentração de pessoas de Votuporanga, além de atender cidades da região. “O Hemocentro se dispôs a ser parceiro de Votuporanga, realizando coleta de sangue, até como sugestão, uma ampla campanha pelo menos uma vez por mês na cidade”, destacou o vereador.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password