Vereador Emerson Pereira faz duras críticas ao estado de abandono do antigo CSU

O vereador Emerson Pereira (SDD) está inconformado com a atual situação do CSU (Centro Social Urbano). O local, que muito foi prestigiado pelas famílias, viveu momentos de glória por oferecer lazer e esportes no passado. Hoje está em estado de abandono.

Emerson esteve no local na tarde da última segunda-feira (28/03), momentos antes de ir para a sessão da Câmara, pois foi procurado por inúmeros munícipes para que alguma providência seja tomada.

 

Vídeo

Emerson fez um vídeo e postou em sua rede social como estão as piscinas que eram utilizadas para a prática de natação, biribol e hidroginástica. “Elas estão sujas de terra, com rachaduras e agora somente servem para acumular água, o que acaba sendo ambiente propício para a dengue”, destacou.

Mostrou também o aquecedor que foi adquirido para deixar a água em temperatura agradável aos praticantes de natação. Hoje o aparelho está sem função.

O vídeo possui mais de 3.360 visualizações e centenas de comentários de munícipes que também se mostraram insatisfeitos com o estado de abandono do CSU. Todos lamentam a situação, alegando que passaram a infância e juventude no local, e que poderiam utilizar o espaço para visitação pública aos finais de semana com a família.

 

Câmara

Ao fazer o uso da palavra na última sessão da Câmara, Emerson até sugeriu que fosse colocada uma bandeira de luto na tribuna, simbolizando tristeza quando os vereadores fossem retratar a falta de lazer da população e alguns acontecimentos em Votuporanga.

“O CSU tinha que voltar a ser usado pelas famílias. As piscinas estão abandonadas, o mato está muito alto, equipamentos sendo estragados… O que fico ainda mais triste é que neste local funciona a Secretaria de Esportes e deveria existir carinho da pasta pelo prédio. Enquanto a Prefeitura faz campanha para combater a dengue, as piscinas abandonadas do CSU estão com larvas. Esta é uma denúncia séria! Pedirei apoio ao prefeito Junior Marão, pois tenho certeza que ele irá se comover com a situação e atenderá a necessidade do setor sul da cidade. Não aceitarei, enquanto vereador, que o CSU seja enterrado vivo”, clamou o vereador.

Emerson lamenta, mas acredita que para reformar as piscinas deverão ser gastos cerca de R$ 30 mil com dinheiro público. “A população carente não tem dinheiro para fazer esporte em escolas particulares e o CSU tem tudo para ser utilizado pelas famílias. Pagamos os nossos impostos e queremos ter retorno”, encerrou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password