Vendedor acusa travestis de assalto

Um vendedor de 38 anos procurou a polícia dizendo ter sido assaltado praticado por dois travestis, quando andava a pé pela avenida Cenobilino Barros Serra. O crime ocorreu na noite de sexta-feira, 30, mas ninguém foi preso.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o vendedor disse que quando parou na esquina da avenida Cenobelino Barros Serra e a rua São João, um dos travesti entrou no seu carro no carro para roubar a carteira com R$ 350. O outro suspeito também teria furtado dois celulares e ainda retirou a chave do contato do carro.

Os suspeitos foram encontrados e levados para prestar depoimento na Central de Flagrantes, mas negaram ter assaltado o vendedor. Eles foram liberados após prestar depoimento, mas ainda serão interrogados pela polícia. Marco Antonio dos Santos/Diário da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password