Vendas de peixes aumentam 50% em Votuporanga

“A moda oriental veio para ficar”, garante Michele Peres, estudante de Gastronomia, emendando que as comidas japonesa e chinesa caíram no gosto do brasileiro.

O Yakisoba, um prato típico da culinária chinesa, é hoje um dos favoritos. Segundo especialistas, o motivo da propagação da preferência pela comida oriental é o seu valor nutricional e saudável. Mesmo sendo relativamente cara, é uma dos mais consumidas, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Em média, um consumidor gasta R$ 40,00 em uma refeição.

Há 30 anos, ninguém poderia imaginar que comer peixe cru viraria moda. O que causava estranheza entre os brasileiros hoje é o prato preferido de muitos.

Oferta x Procura
Claudemir Ferrácio Bassan é proprietário de uma peixaria há 32 anos e se diz surpreso com a alta procura. “Nunca vendemos tanto peixe como neste ano,” afirmou o comerciante que começou a vender comida japonesa devido à grande demanda.
“O principal ingrediente da comida oriental é o peixe, o que aqui temos de sobra,” brincou o proprietário que vende a base de 10 mil unidades de comida japonesa por mês.

Moda gostosa
A estudante de Gastronomia, Michele Peres, afirmou que a culinária japonesa nunca foi tão forte nos país. “O clima econômico atual faz com que as pessoas invistam com mais consciência na boa culinária. Estão pagando, mesmo que mais caro, pelo que é mais saboroso e saldável.”
Ela ressalta que essa moda veio para ficar. “Não é algo passageiro. Mesmo que as pessoas não tenham aprendido desde sempre a comer o famoso ‘japa’, estão aprendendo agora. O ciclo da culinária internacional está só começando.”
A sensação de que existe um restaurante japonês a cada esquina de Votuporanga pode estar muito próxima de ser verdade. No último ano, cerca de 10 novos estabelecimentos deste tipo foram abertos na cidade, é o que explica o Vinicius Bassan um dos proprietários da peixaria.
“O primeiro restaurante japonês da cidade, inaugurado há alguns anos, faliu nos primeiros meses. Porém, agora, com essa loucura por alimentação oriental, inúmeros restaurante estão abrindo e outros tantos empresários estão planejando dar início ao negócio, que posso afirmar ser um dos mais rentáveis na atualidade de Votuporanga.”
Bassan explica ainda que, neste ano, o salmão vendeu 300% a mais do que no mesmo período de 2014. “São feitos por mês a base de 5 mil temakis, e o número de venda de peixes subiu em 50% no último ano”. (Colaborou: Mateus Paióla)/Diário de Votuporanga

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password