Vaquinha arrecada dinheiro para ajudar taróloga

Uma campanha feita pelo Facebook pretende arrecadar R$ 20 mil para ajudar a taróloga de Rio Preto Claudia Grisi. 51 anos, que está pesando 180 quilos. De seis meses para cá, Claudia, que já era considerada obesa, ganhou mais 40 quilos, segundo o dentista Ricardo Perez Martininez, 34, que é amigo dela e encabeça a campanha. O Viva Claudia Grisi é uma vaquinha virtual em que cada pessoa pode doar o valor que quiser.

Foi postado no sábado, dia 4, e até a tarde desta segunda-feira, 6, contava R$ 470 arrecadados e mais R$ 1.950 em boletos ainda pendentes. “A Claudia está tão gorda que não sai mais da cama. Ela precisa de ajuda até mesmo para ir ao banheiro. Para passar por uma cirurgia bariátrica tem que emagrecer 50 quilos”, explica Martinez. É que a taróloga está pesando 180 quilos. Segundo o amigo, Claudia já tentou inúmeras dietas, sem sucesso, e agora a única maneira de garantir que emagreça e passe pela redução de estômago é colocando-a em um spa.

“Ela está muito doente por causa da obesidade. Tem problemas cardíacos, circulatórios, diabetes, respiratórios e renais e, se não fizermos algo agora, vamos perder a Claudia”, desabafa Martinez. Ele decidiu fazer a campanha pelo Face depois que conversou com um amigo que conhece os proprietários de um spa de Rio Preto. E conseguiu um abatimento nos valores cobrados se Claudia passar um período maior internada em tratamento para perda de peso.

“Queremos arrecadar R$ 20 mil que serão suficientes para ela ficar quatro meses em processo de emagrecimento. Conforme formos arrecadando dinheiro, pagaremos o spa”, diz. Desde segunda-feira, 30, Claudia está internada no Hospital de Base e respira com ajuda de máscara de oxigênio. No período do Natal e do Ano Novo, a taróloga também esteve internada com problemas cardiorrespiratórios.

“Ela não respirava mais, estava ficando completamente roxa e foi internada. Os médicos pedem para rezar”, diz a cozinheira Vanda Aparecida Trevizan de Oliveira, 59. Ela é vizinha de Claudia e a está ajudado há cerca de 6 meses. “Eu que levo a Claudia para tomar banho, ajudo a trocar de roupa, dou comida e ela volta para a cama. Está com feridas nas costas porque não tem forças para se virar na cama. Está gorda demais”, conta Vanda.

Como a taróloga não tem família, está sendo ajudada pela cozinheira e outros amigos. “Não dá mais para ela trabalhar e o dinheiro que ela tinha era das consultas (tarô). A Claudia está em depressão por não poder pagar as contas e nós temos que ajudá-la. Um dia pode ser comigo, com um filho meu”, diz Vanda. É a cozinheira que tem acompanhado o estado de saúde e recebidos os pareceres dos médicos do HB. Para ajudar, basta entrar no www.vakinha.com.br/vaquinha/viva-claudia-grisi. É possível doar qualquer quantia com cartão de crédito ou gerar boletos. Nany Fadil/Diário da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password