UTI Neonatal da Santa Casa comemora 9 anos de atendimentos

O mês é de comemoração para a Santa Casa de Votuporanga, pois já são 9 anos salvando vidas dos pequenos que passaram pela Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital. Desde a inauguração até o momento, já foram salvas mais de 2100 vidas.

Para atender esses bebês, a UTI Neonatal conta com infraestrutura e uma equipe multidisciplinar especializada que é composta por médicas neonatologistas, enfermeiras, técnicas de enfermagem, fisioterapeutas, fonoaudióloga, psicóloga e assistentes sociais. As médicas são, Dra. Lara Galvani Greghi, Dra. Caroline Amaral Gouveia, Dra. Andressa Moura, Dra. Cristiane Faria, Dra. Ariele Daiana Fazzio e Dra. Carla Sidiley Roveri da Silva.

Além dos pequenos pacientes, os familiares acabam passando por um bom tempo na unidade, já que o serviço proporciona um horário de visita especial, sendo das 8 às 20 horas para os pais, todos os dias e sem limite de permanência, já os avós possuem dois dias, sendo de quarta-feira e no sábado, das 14 às 14h30. Os irmãos com idade a partir de 6 anos também podem visitar os bebês em dias preestabelecidos, desde que, passem por uma avaliação com parte da equipe, a fim de, verificar a possibilidade dessa visita.

Em média, os recém-nascidos ficam internados por 90 dias e a forma com que são acolhidos faz toda a diferença nesse período. E é pensando nisso, que a assistência do atendimento é humanizada, dando suporte emocional aos pais, fortalecendo os laços afetivos entre a família. “A internação de um bebê na UTI sempre é motivo de apreensão na família, porém, com cuidado e dedicação tentamos ajudar a família a passar por esse momento difícil da melhor maneira possível, fazendo com que eles estejam sempre presentes e participem das decisões no tratamento de seus filhos”, disse a médica e responsável técnica, Dra. Lara Galvani Greghi.

O provedor Luiz Fernando Góes Liévana, comenta. “A UTI Neonatal oferece um serviço essencial para os pequenos pacientes do nosso Hospital, com um ambiente acolhedor e seguro, oferecendo qualidade e humanização nos atendimentos. É muito bonito o trabalho que o setor desenvolve para salvar a vida de cada bebê que passa na unidade. Parabenizo por toda a dedicação dispensada”.

A unidade possui 7 leitos para o Sistema Único de Saúde, SUS e 3 para convênios e particulares. A média de atendimento mensal é 15 bebês e a média anual de 180 recém-nascidos

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password