Polícia localiza homem que deu trote sobre falso acidente de trânsito em rodovia de Votuporanga pelo Facebook

Um trote mobilizou equipes da polícia e do Corpo de Bombeiros, além do helicóptero Águia, por mais de 3 horas, ontem. O falso comunicado de um acidente foi feito à base da Polícia Rodoviária Estadual de Votuporanga na noite de sábado.

Mas até que A.D., 29 anos, fosse encontrado na casa dele, em Cardoso, e a mentira descoberta, oito viaturas e 17 homens foram mobilizados à procura de um motorista que estaria caído em uma ribanceira perto da rodovia Péricles Belini (SP-461). 
De acordo com informações do policial rodoviário Renato Abdala, 34 anos, que atendeu a ligação, uma mulher, com voz aflita, informava que um amigo seguia pela rodovia sentido Votuporanga a Cardoso quando teria atropelado um animal e caído em um barranco. O policial anotou as informações e ligou para a vítima. “Ele confirmou o fato e dizia que estava preso nas ferragens, sentindo fortes dores na barriga e com muita sede”, conta o policial.

Diante da situação, três viaturas da Polícia Rodoviária Estadual com seis homens, uma da Força Tática com três homens, uma de Cardoso com dois Policiais Militares, duas do Corpo de Bombeiros com quatro homens e uma do Departamento de Estrada e Rodagem (DER) com dois homens procuraram por uma hora e meia a vítima, ao longo da rodovia. “Até a equipe de salvamento do Águia foi avisada e aguardava confirmação para decolar e ajudar nas buscas”, diz Abdala.

Enquanto os policiais procuravam pela vítima, Abdala tentava contato telefônico com A.D, mas o celular estava desligado. O policial resolveu então procurar nas redes sociais o perfil da vítima para encontrar registro dos últimos lugares em que ela esteve. Foi quando flagrou o homem no Facebook postando frases e imagens, no mesmo horário em que a polícia procurava por ele.

Uma viatura foi até a casa da vítima, que mora em Cardoso, e encontrou A.D. No registro do celular dele estavam as ligações recebidas da polícia rodoviária. Ele acabou confessando o trote e disse que não conseguiu desmentir a situação, pois a carga da bateria do celular havia acabado.

Ele foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia, onde prestou depoimentos e foi liberado. Ele vai ser alvo de um inquérito policial pelo crime de falsa comunicação de crime. Se condenado, ele poderá ser obrigado a ressarcir o Estado pelas despesas com deslocamento das viaturas utilizadas no resgate. A polícia procura também pela mulher que teria participado do trote. diarioweb.com

Votunews

 

A reportagem do votunews acompanhou de perto toda a movimentação das polícias para atender a ocorrência sobre esta falsa comunicação de acidente na rodovia Péricles Bellini. Por volta das 3h30, na madrugada de domingo, a Polícia localizou o autor do trote e o deteve em Cardoso, conduzindo-o à Delegacia de Polícia daquela cidade.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password