Tropa de Elite da PM está pronta para entrar em ação

A Polícia Militar de Votuporanga mostrou sua força na tarde de ontem. Cerca de 25 policiais participaram de um treinamento de tropa de choque, inclusive com o uso de armas não letais.

Com isso, o efetivo da região está preparado para combater todo o tipo de distúrbio em massa e, segundo o comandante, até conflitos de reintegração de posse de terra, apenas caso seja necessário.

 

 

O treinamento de ontem foi comandado pelo sargento Alexandre Moraes, que atua na Força Tática, e supervisionado pelo Capitão Edson Fávero. Os policiais fizeram uso de armas utilizadas com munição de borracha, lançadores de bombas de efeito moral, cassetetes e escudos.

 

 

Em formações de defesa e ataque, foram ensaiadas manobras de controle de tumultos, assim como dispersão de massa. “É uma força de apoio em operações especiais. Esse pelotão de choque pode ser utilizado para entrada em presídios, desocupação de imóveis ocupados de forma ilegal e também desapropriação de terras”, explicou o capitão Fávero.

 

 

Ainda de acordo com o comandante da PM, a população pode ficar tranquila que a força policial está pronta para agir e dar apoio em todas as 49 cidades que compõem o Batalhão de Fernandópolis, a qual faz parte a Companhia de Votuporanga. Ele disse também que normalmente, os treinamentos acontecem de quatro a quatro meses, mas que serão intensificados nos próximos dias.

 

 

O sargento Alexandre Moares explicou que o treinamento é necessário para que cada policial saiba seu papel dentro do pelotão de choque, já que, quando forem acionados, precisam estar prontos para agir. “Um pelotão com 24, 25 homens bem treinados e bem equipados pode conseguir resolver muita coisa”, diz Moraes.

Jociano Garofolo  – A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password