Trio de ataque e ‘intruso’ resolvem, e São Paulo vence o Mogi no aniversário de Ceni

Nasceu o gol, nasceu a primeira vitória! No aniversário de Rogério Ceni, os atacantes resolveram dar o presente ao ídolo são-paulino.

 

Cada um dos três fez um dos gols para garantir o êxito de 4 a 0 diante do Mogi Mirim, nesta quarta-feira, no estádio do Morumbi. Douglas fechou o marcador.

 

O primeiro tento, aliás, foi especial para Osvaldo, que ficou quase 11 meses sem marcar. Na comemoração, homenagem ao seu filho que está prestes a nascer. O São Paulo chegou à sua primeira vitória no torneio. O Sapão também tem três pontos.

“Parabéns para você, nesta data querida…”. Antes a bola rolar no Morumbi, os poucos torcedores que foram ao Cícero Pompeu de Toledo felicitaram o goleiro e ídolo tricolor Rogério Ceni, que completou 41 anos de idade. O único momento de comemoração até o final do primeiro tempo.

Após a derrota por 2 a 0 para o Bragantino, Muricy Ramalho optou pela saída de Denilson e a entrada de Osvaldo. O time ganhou mais ofensividade e, dos pés do camisa 17, saíram as melhores jogadas do São Paulo. Luis Fabiano parou na boa defesa de Reynaldo em chute à queima roupa, enquanto Osvaldo desperdiçou boa oportunidade em cruzamento de Ademilson. E foi só.

O Tricolor encontrou muitas dificuldades para sair da marcação do Mogi Mirim. O Sapão, aliás, contou com o seu presidente em campo. Rivaldo foi o armador da equipe. O veterano pentacampeão do mundo mostrou pouca mobilidade, mas muita técnica, com passes certos e jogadas de efeito.

O Mogi Mirim teve boas chances de abrir o marcador, principalmente com Serginho, mas pecou na pontaria. Em uma oportunidade, Ceni foi o salvador. Já o São Paulo errou muitos passes, principalmente na defesa e deixou os 45 minutos iniciais vaiado pelos torcedores.

NASCEU!

Não deu nem tempo da torcida pensar em vaiar o time, pois Osvaldo fez a festa dos torcedores. O jogador recebeu bom passe de Maicon e bateu forte. A bola desviou em Mirita e acabou dentro do gol. Na comemoração, homenagem ao seu primeiro filho, que nascerá ao final do mês. O camisa 17 foi bastante festejado pelo companheiros. A última vez que ele havia ido às redes havia sido em fevereiro de 2013.

Após o gol, o São Paulo pôde trabalhar com mais tranquilidade a bola. O Mogi Mirim manteve o mesmo ritmo, sem pressionar muito. E menos pressionado, o Tricolor conseguiu ir às redes novamente. Após Ganso recuperar a bola, Luis Fabiano mandou para o fundo das redes.

E, se dois atacantes já tinham marcado, o outro também entrou na festa! Ademilson recebeu, driblou o goleiro e mandou para o fundo do gol. Por fim, Douglas ainda aumentou o marcador, em chute que desviou em Leonardo.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada, o São Paulo encara o Oeste, no Morumbi, às 17h de domingo. Já o Mogi Mirim enfrenta o Linense, fora de casa, no mesmo dia, mas a partir das 19h30.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO 4 X 0 MOGI MIRIM

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 22/1/2014 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Auxiliares: Fabrício Porfírio de Moura e Maria Nubia Ferreira Leite
Público/renda: 5.863 pagantes / R$ 138.190,00

Cartões amarelos:  Reinaldo (SPO)
Cartão vermelho: Nenhum
GOLS: Osvaldo, a 1’/2T (1-0), Luis Fabiano, aos 20’/2T (2-0); Ademilson, aos 29’/2T (3-0) e Douglas, aos 41’/2T (4-0)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Wellington, Maicon e Ganso (Boschilia, aos 38’/2T); Osvaldo (Douglas, aos 40’/2T), Luis Fabiano (Ewandro, aos 38’/2T) e Ademilson. Técnico: Muricy Ramalho.

MOGI MIRIM: Reynaldo, Ratinho, Alvaro, Mirita e Leonardo; Magal, Everton Sena (Vanderlei – intervalo), Elanardo e Rivaldo (Morato, aos 17’/2T); Vitinho (Rossini, aos 33’/2T) e Serginho.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password